ZPE de Bataguassu deve ter 1ª indústria até fim do ano

Da Redação


Para tentar atingir a meta do governo federal de colocar em funcionamento, até o fim deste ano, a ZPE (Zona de Processamento) de Bataguassu, a Egezpe (Empresa Gestora da Zona de Processamento de Exportação) intensificou atuação junto a empresários e ao próprio governo. Para tanto, no dia 22 deste mês, vai realizar em São Paulo reunião entre os diretores de uma empresa interessada e os representantes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, conforme matéria publicada na edição deste domingo (20) do jornal “Correio do Estado”.

Também, segundo o presidente da Egezpe, Germando Silva, está em andamento o alfandegamento da ZPE, explicando que as obras do prédio e a terraplanagem estão em andamento e que a Receita Federal priorizou a implantação do posto aduaneiro.

De acordo com o secretário-executivo do CZPE (Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação), órgão vinculado ao Ministério, Gustavo Fontenele, as ZPEs administradas pela iniciativa privada (caso de Bataguassu) tiveram de aguardar o interesse de investidores, por isso o processo de instalação ficou mais lento. Ele explicou também que a plataforma de Bataguassu estava na fase intermediária, com empresa administradora constituída, licença ambiental prévia, pré-projeto de alfandegamento aprovado e comprovação da execução de 10% das obras de infraestrutura. O governo federal incluiu a ZPE entre as seis prioritárias para entrar em funcionamento até o fim de 2014.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!