Advogado admite que Portuguesa pode sair de jogos de novo

Terra


Na última sexta-feira, a Portuguesa abandonou o jogo contra o Joinville por causa da liminar de um torcedor na Justiça Comum, que colocava o time paulista na Série A do Campeonato Brasileiro novamente. Este documento foi cassado no sábado, mas a cena pode se repetir novamente. O advogado da Portuguesa, José Luiz Ferreira de Almeida, deu entrevista exclusiva ao Terra nesta terça-feira e admitiu que novas liminares podem tirar a equipe da Série B a qualquer momento.

Na sexta-feira a liminar que tirou a Portuguesa de campo tinha sido obtida pelo torcedor Renato de Britto Azevedo. Agora outras pessoas podem fazer o mesmo: "pode acontecer de novo. Se por acaso outras liminares de outros torcedores vierem com a Portuguesa em campo, a Portuguesa não jogará a Série B, porque estará na Série A", afirmou ele.

O advogado, porém, não aposta que isso acontecerá: "eu acredito que, em duas ou três semanas no máximo, nossa liminar será reestabelecida e tudo ficará certo", afirmou, apostando que a Portuguesa seguirá na Série A.

A Portuguesa foi punida com a perda de quatro pontos por causa da escalação irregular de Héverton na última rodada do Campeonato Brasileiro, mas tenta se defender, pois entende que a CBF não publicou a punição ao meia dentro do prazo necessário para que o time visse que ele estava irregular. O problema gerou uma "guerra de liminares" que envolve ainda Flamengo e Fluminense, times que podem ser rebaixados caso a Portuguesa ganhe o caso na Justiça.

José Luiz descartou ainda que tantos problemas possam gerar um acordo entre Portuguesa e Confederação Brasileira de Futebol (CBF): "isso poderia acontecer antes do campeonato começar. A Portuguesa esteve aberta, mas isso não aconteceu. Agora acho difícil que aconteça. A diretoria é que poderia dar uma resposta mais ponderada sobre isso, mas posso adiantar com certeza que não há nada, nenhum tipo de acordo em andamento".

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!