Três jovens são sequestradas e obrigadas a entrar em motel


Uma mulher de 25 anos e duas adolescentes, de 15 e 17 anos, viveram duas horas de pavor nas mãos de criminosos na madrugada desta segunda-feira (5) em Juiz de Fora, na Zona da Mata. As três saíam do bar "Chuvisco", na avenida dos Andradas, no centro, por volta das 4h, quando foram rendidas por três homens armados na rua Benjamin Constant.

Eles as chamaram para andar de carro. Como recusaram, foram ameaçadas de morte com duas armas. Ao entrar no carro dos suspeitos, um Gol de cor cinza, as jovens foram levadas para uma rodovia escura. No caminho, os homens desceram, conversaram e voltaram ao carro dizendo que as garotas seriam levadas para um motel. No caminho, elas ouviram que os homens moravam no bairro Furtado de Menezes e um deles foi chamado pelo apelido de "Cheirinho".

Um dos suspeitos se escondeu no porta-malas para entrar no motel. Sem levantar suspeitas, pegaram a chave do quarto 27 e trancaram as garotas. Antes de serem atacadas, elas aproveitaram um momento de distração para abrir a porta e correr gritando por ajuda. Os criminosos fugiram no carro enquanto o porteiro falava ao telefone. Segundo o registro do motel, eles ficaram no quarto por 40 minutos - entre 4h35 e 5h15.

Uma camareira percebeu que os homens esqueceram dois celulares no quarto. Antes da chegada da polícia, os criminosos voltaram ao motel e exigiram os celulares.

Até o momento, os suspeitos não foram identificados. Também não há pistas sobre o veículo, placa OPE-6817, de Nova Era (MG).

As três garotas recusaram atendimento médico, pois disseram que não chegaram a ser atacadas.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!