PMA autua fazendeiro paulista em R$ 25,7 mil por desmatamento ilegal

Da Redação


Policiais Militares Ambientais de Cassilândia, em fiscalização ontem nas propriedades rurais do município de Inocência localizaram um desmatamento que era realizado sem autorização ambiental. Os policiais localizaram o desmatamento, em uma fazenda margeando a rodovia MS 316, na altura do km 28 que estava sendo realizado com uso de máquinas de esteiras e trator com lâmina.

A vegetação desmatada era de arbustos e árvores de grande porte do cerrado, inclusive, com corte de 46 árvores da espécie aroeira, madeira esta que não pode ser cortada sem plano de manejo autorizado pelo órgão ambiental. Não havia ninguém no local e a PMA não sabe se abandonaram o desmatamento ao saber que a fiscalização estava na região.

Os policiais mediram a área com uso de GPS que chegou a 9 hectares destruídos. As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda, de 70 anos, residente em Monte Azul Paulista (SP) recebeu multa administrativa de R$ 25.700,00. Ele responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!