Irã executa banqueiro acusado de desviar R$ 5,6 bi dos cofres públicos

Band


Um banqueiro condenado à morte foi executado neste sábado (24) no Irã. Ele tinha sido condenado por corrupção, lavagem de dinheiro e desvio de verba pública.

A execução do banqueiro por enforcamento foi anunciada na TV estatal, depois da sentença de morte ter sido confirmada pela Suprema Corte.

Mahafarid Amir foi condenado pelo desvio R$ 5,6 bilhões do sistema bancário iraniano, no maior escândalo financeiro no país desde a revolução islâmica, em 1979.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!