Escola Marechal Rondon desenvolve projetos à alunos em Nova Andradina

Da Redação


O projeto surgiu através do fechamento do conteúdo sobre o Renascimento e da necessidade de envolver alunos da Escola Estadual Marechal Rondon em atividades diversificadas que viessem contribuir para formação de sua cidadania. O projeto trabalhou atividades em consonância com a realidade dos alunos e da comunidade, valorizando o saber da arte.

Na época das Grandes Navegações embora já existissem os "gabinetes de curiosidades", também conhecidos como "quarto das maravilhas", onde eram guardados exemplares de diferentes ordens - vegetais, minerais, animais, além de objetos criados pelo homem, a ideia de ter um espaço específico para exibir as obras e aberto à visitação data do final do século 18 com a criação do Museu do Louvre, após a Revolução Francesa. O objetivo era oferecer conhecimento ao povo e imaginava-se que a exposição poderia contribuir para este enriquecimento intelectual.

A exposição apresentada pelos alunos foi idealizada para a contribuição e o enriquecimento de aprendizado da arte contemporânea e moderna do qual o espaço é a escola. Foi utilizado o conteúdo estudado em sala de aula sobre o Renascimento com enfoque nos modelos clássicos e realce na sensação de beleza, luz, cor e movimento. Assim, contribuiu-se para o resgate da arte e do desenvolvimento intelectual integral dos estudantes.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!