PR vai apoiar pré-candidatura de Delcídio no Estado de MS

Da Assessoria


O Partido da República (PR) vai apoiar a pré-candidatura do senador Delcídio do Amaral ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições deste ano. A decisão foi tomada no encontro promovido pelo partido nesta segunda-feira (26), na Assembleia Legislativa, em Campo Grande. O deputado Londres Machado, presidente do PR, explicou as razões do apoio.

“Essa decisão de coligar com o PT preenche todos os nossos requisitos. Vamos indicar o candidato a vice, faremos coligação na proporcional e teremos espaço no futuro governo. E decidimos isso não porque o senador está na liderança das pesquisas.

O Delcídio é diferente, ele não precisa de assessor para soprar no ouvido dele o nome das lideranças do nosso estado. Ele conhece pessoalmente todos os prefeitos, vice-prefeitos e a maioria dos vereadores, porque está sempre presente em todas as regiões e é o grande parceiro dos municípios”, afirmou Londres Machado.

A vereadora de Campo Grande, Grazielle Machado, disse que a população sul-mato-grossense tem os mesmos sonhos de Delcídio.

“Hoje, o senhor tem o sonho de desenvolver o nosso estado. O sonho de quem sonha sozinho é somente um sonho, mas um sonho sonhado junto tem todas as chances de se tornar realidade. O povo do nosso estado quer sonhar os seus sonhos porque acredita neles. O respeito que o senhor tem pelas pessoas, o seu respeito pela história dos homens e mulheres que construíram o nosso estado, o zelo em relação aos 79 municípios. Nós do PR queremos um governador que olhe para Campo Grande, mas que olhe também para os municípios mais distantes, que fomente o agronegócio, a indústria e promova a inclusão social. Vamos percorrer juntos todos os rincões de Mato Grosso do Sul”, garantiu Grazielle.

Delcídio agradeceu o apoio, cumprimentou as lideranças do partido, e disse que o PR terá papel de destaque, tanto na composição da chapa quanto no governo, caso seja eleito governador em outubro.

“Quero cumprimentar e agradecer o deputado Londres, um homem cuja biografia se confunde com a história do nosso estado, o deputado Paulo Correa, que carregou minha bandeira com coragem e determinação, o deputado Antonio Carlos Arroyo, que também tem sido um grande aliado, a vereadora Grazielle, jovem liderança que honra o nosso estado, e destacar aqui a presença de todos os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do PR. Tenho absoluta afinidade com o partido, sem falar que em Brasília o PR é parceiro da presidenta Dilma. Vou honrar o meu compromisso e não tenho dúvida de que faremos uma grande caminhada, não só olhando Campo Grande, mas todos os municípios. O PR vai desempenhar papel fundamental, ocupando secretarias importantes para nos ajudar a desenvolver o nosso estado”, destacou o pré-candidato.

Governo para todos - Delcídio disse que, se for eleito, fará um “governo para todos”.

“Temos que governar para as cidades e também para a área rural. Vamos olhar com especial atenção as questões que envolvem as pessoas mais carentes, e faremos uma administração voltada para a saúde, a segurança, a educação, a ciência e a tecnologia, um governo pra frente, sem ódio, sem ranço, que estenda a mão para quem quer produzir, que se preocupe com todas as regiões do estado, sem concentrar investimentos. Faremos o que for necessário para que a iniciativa privada invista em Mato Grosso do Sul. Vejo os nossos vizinhos, a Bolívia e o Paraguai, com muito otimismo e queremos que o nosso estado tenha protagonismo internacional. Incentivaremos os produtores que investem em tecnologia, mas que precisam que o governo invista em logística para facilitar o escoamento da produção. Faremos tudo isso sem prejudicar o meio ambiente. Nós temos o bioma pantaneiro, o cerrado, uma riqueza cultural e ambiental extraordinária, que pode ser incluída num programa de turismo avançado, para receber gente de todo o mundo. E criaremos um programa industrial ousado, à altura do que o nosso povo espera”, antecipou o pré-candidato.

Em Mato Grosso do Sul o PR tem 7 prefeitos, 7 vice-prefeitos, um deputado federal licenciado (Edson Girotto), 3 deputados estaduais, 73 vereadores e 20 mil filiados. Além dos prefeitos e vices do partido, estavam presentes também o prefeito de Vicentina, Helio Sato, do PMDB, e o presidente do PTB, Ivan Louzada.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!