Nova Andradina terá R$ 10,8 milhões em investimentos da Funasa

Anúncio foi feito no sábado (13), durante vistoria as obras do aterro sanitário

Cogecom


Após reunião com produtores rurais na manhã de sábado (13), no gabinete da Prefeitura Municipal de Nova Andradina, o prefeito Gilberto Garcia convidou a deputada federal Tereza Cristina (DEM), representantes da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) para vistoriar as obras de construção do aterro sanitário, que tiveram início há cerca de 30 dias.

Acompanhado pelo vice-prefeito Newton Luiz Oliveira (Nenão), pelo secretário de meio ambiente e desenvolvimento integrado, Hernandes Ortiz, vereadores Ricardo Lima, Airton Castro, Amarelinho e João Dan, o prefeito conferiu o andamento dos trabalhos no local.

Com a preocupação de tratar um passivo ambiental que já perdura por 50 anos no município, Gilberto Garcia ressaltou a importância do tratamento e da correta destinação do lixo para resolver questões ambientais como a contaminação no lençol freático e o excesso de moscas nas residências.

“No lixão que funciona em Nova Andradina, os resíduos ficam expostos a céu aberto, escorrendo um liquido tóxico, o chorume que infiltra no solo contaminando o lençol freático. Com o aterro, uma manta irá impermeabilizar o solo, minimizando drasticamente os prejuízos causados ao meio ambiente. Enfim, estamos tratando a questão do lixo com responsabilidade. A implantação do aterro está sendo encaminhada de acordo com a mais moderna tecnologia e seguindo todos os cuidados ambientais necessários.”, destacou o Prefeito.

O superintendente estadual da Funasa em Mato Grosso do Sul (Suest/MS), Marco Aurélio Santullo, destacou o investimento que está sendo feito pelo órgão e a importância desta obra para o município. “A Funasa entrou com aporte financeiro e o prefeito Gilberto Garcia aumentou a contrapartida do município, coisa que foi vista com bons olhos pela Fundação”, comentou Santullo. O investimento é de R$ 1.358.000,00.

Em seguida, anunciou novos investimentos na área rural. “Agora, além desta parceria no aterro, teremos outros projetos desenvolvidos no Santa Olga, Teijin e outros dois assentamentos. O total de investimentos da Funasa será de R$ 10,8 milhões, com as obras iniciando no próximo mês de fevereiro”, destacou.

Os recursos serão empregados na construção de poços artesianos e rede de distribuição de água para as pessoas. Marco Aurélio explicou que os assentamentos são de responsabilidade do Incra, no tocante as questões ligadas à terra e a Funasa, na questão da saúde. “A Funasa tem na Prefeitura, na pessoa do prefeito Gilberto, a parceria da eficiência, qualidade e de bem estar da população. Até fevereiro, temos o orçamento e a disponibilidade financeira para iniciar as obras”, garantiu.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!