Polícia Civil autua quatro pessoas em flagrante por furto de energia elétrica

Da Redação


Nesta quarta-feira (21), policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia de Polícia Civil de Maracaju, em conjunto com o Núcleo de Perícias de Dourados e o Grupo Energisa, deflagraram uma operação de combate ao furto de energia elétrica naquela cidade.

Em face do levantamento de informações da Energisa que denotavam o alto índice de fraudes de energia, demonstrando uma concorrência desleal nos casos de estabelecimento comerciais e ainda ausência de recolhimentos devidos tributos sobre o consumo, foi elaborada a operação, na qual foram vistoriados 12 imóveis, nos quais foram constatados nove locais com fraude, das mais variadas formas, sendo que a mais comum é a inversão de fases, que faz com que haja registro inferior ao consumido e a utilização de “jumpers”, que consiste na entrada da energia no imóvel sem o registro no medidor.

Foram conduzidos seis responsáveis legais pelas unidades consumidoras, dos quais quatro foram autuados em flagrante delito, sendo que os demais necessitam de outras diligências para configurar a autoria do crime.

Foram presos em flagrante pelo crime de furto qualificado pela fraude Antonio Carlos Recalde de 47 anos, Joao Victor Loureiro de Lima de 31 anos, Jose Santos Oliveira de 55 anos, Gilberto Loureiro do Amaral de 47 anos.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!