PMA autua proprietário rural por realizar loteamento em chácara sem licença ambiental

Da Redação


Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Águas do Miranda, em Bonito, estiveram em uma chácara localizada no município, a 75 km da cidade e perceberam a abertura de um loteamento ilegal em um hectare de área, nas proximidades do rio Miranda.

O proprietário da chácara abriu e vendeu nove lotes para ranchos pesqueiros, em uma área que os policiais mediram em GPS, que perfez um hectare, sem autorização ambiental. Em alguns lotes já havia construção de residências.

O dono da chácara de 44 anos, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2,7 mil. Ele também responderá por crime ambiental de construir atividade potencialmente poluidora sem licença, com pena de três a seis meses de detenção.

O proprietário foi notificado a apresentar um projeto junto ao órgão ambiental para a possível legalização da área.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!