Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano

Caso valor seja aprovado pelo Congresso, será a primeira vez que o piso salarial passará de R$ 1 mil

Da Redação


A proposta do Governo do Brasil para o salário mínimo de 2019 é de R$ 1.002, aumento de 5% em relação ao deste ano, R$ 954. A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, que contém a sugestão de reajuste, foi enviada nesta quinta-feira (12) para o Congresso Nacional.

Será a primeira vez que o salário irá superar R$ 1 mil. A regra para o reajuste define que o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), somada à variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no País) dos dois anos anteriores.

Também na LDO, a equipe econômica manteve a meta de déficit primário em R$ 139 bilhões no próximo ano. O déficit primário simboliza o resultado negativo nas contas do governo, sem o pagamento de juros da dívida pública. “A ideia é não criar restrições desnecessárias para o próximo presidente”, disse o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Colnago.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!