Golpista é preso ao aplicar golpes milionários em MS usando documentos falsos, diz polícia

Homem forjou a venda de um veículo e pegou dinheiro de uma financeira. Outros cinco casos também estão em investigação, segundo a delegada

G1/MS


Um golpista foi preso e interrogado pela polícia, nesta quinta-feira (26), em Campo Grande, suspeito de aplicar ao menos 6 golpes em Mato Grosso do Sul. Ao "G1" a delegada Daniela Kades, responsável pelas investigações, disse que o homem usava documentos falsos e pegou R$ 45 mil recentemente, ao forjar a venda de uma caminhonete.

"O golpe ocorreu em uma financeira, na qual ele apresentou documento falso e pegou o dinheiro forjando a venda do veículo. Ele já foi indiciado e agora estamos colhendo informações. A suspeita é que ele tenha participação em mais 5 golpes similares em outras cidades do estado. O homem foi ouvido durante a manhã", explicou a delegada.

Já o carro do suspeito foi encontrado no cruzamento da rua das Garças com a José Antônio e levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro. "A investigação já está em andamento e então encaminhamos ofício para as financeiras e o Detran [Departamento Estadual de Trânsito]", comentou Kades.

O lojista Diego Benitez, de 27 anos, foi uma das vítimas. Ele conta que o suspeito fez o financiamento e estava acompanhado de mais uma pessoa, quando compareceu em seu comércio em outubro de 2017. "O prejuízo foi de R$ 45 mil e agora informações de outros lojistas está sendo apurada. Esta pessoa inclusive teve um prejuízo muito grande, em torno de R$ 500 mil. O cálculo que fizemos seria algo em torno de R$ 1 milhão, tendo vítimas inclusive em São Paulo e no Paraná", alegou.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!