• Paraíso17

Unidades de Saúde de Nova Andradina registram recorde de atendimentos e procedimentos

ESF Nova Casa Verde é recordista de atendimentos e procedimentos em 2019. Em Nova Andradina, ESF Horto Florestal lidera número de visitas domiciliares
Cogecom / Imagens: PMNA/Divulgação
14/01/2020 09h30
Prefeito Gilberto Garcia e secretário de saúde Arion Aislan / Imagens: PMNA/Divulgação

As unidades Estratégia Saúde da Família (ESFs) comandadas pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Nova Andradina registraram, em 2019, recorde de atendimentos, procedimentos e visitas domiciliares mensais.

 

Segundo levantamento apresentado nesta semana pelo secretário Arion Aislan, no último ano foram registrados mais de 120.768 procedimentos nas ESFs, ou seja, média ultrapassa mil procedimentos mensais. Se comparar ao ano de 2018, quando foram contabilizados 97.048 procedimentos, houve um crescimento de 20%. Estão incluídos nestes números consultas médicas, exames, curativos, vacinação, atendimento odontológico, entre outros. 

 

Os dados ainda revelam que houve aumento médio de 12% no número de atendimentos e visitas domiciliares em todas as unidades de saúde. A ESF de Nova Casa Verde, com 16.146 atendimentos e 17.635 procedimentos, lidera o ranking das unidades, sendo responsável por cerca de 15 % de todos os procedimentos e atendimentos efetuados na rede básica de saúde

 

Em Nova Andradina, nesses mesmos quesitos, quem está à frente é a ESF Centro, com 14.696 atendimentos e 15.098 procedimentos efetuados. Outras duas unidades – Morada do Sol e Horto Florestal também atingiram a marca de mais 15 mil procedimentos durante o ano de 2019.

 

Com foco na prevenção e na melhoria da qualidade de vida das pessoas, a administração municipal também prioriza o trabalho de visitação domiciliar feito pelas equipes das ESFs nos bairros como forma de se aproximar das famílias para facilitar o desenvolvimento de ações destinadas a promoção de recuperação da saúde.  

 

Por isso, houve um crescimento acima de 10% ao ano do número de visitas registradas. Em 2017, o total foi de 128.563, saltando em 2018 para 137.260 e, em 2018, para 154.694 visitas domiciliares.

 

“Esse acompanhamento médico do paciente vêm diminuindo os índices de internações e controlando os sintomas desagradáveis de doenças crônicas comuns. É um trabalho de educação, que está sendo feito de forma gradativa e contínua, por meio do atendimento individualizado nas residências”, informa o secretário Arion.

 

Vale destacar que a ESF Horto Florestal foi a responsável por 22.545 visitas somente no último ano, seguida da ESF Centro, com um total de 21.904 visitações a pacientes nas residências.

 

De acordo com o prefeito Gilberto Garcia, a sua determinação à Secretaria de Saúde é para fortalecer cada vez mais as ESFs como porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

“Estamos investindo sempre na contração de médicos, agentes de saúde e ABSs (auxiliares básicos de saúde) para melhorar o trabalho de prevenção e de cuidados básicos como imunização de doenças, consultas médicas e exames, de modo que o cidadão possa ter confiança e criem um vínculo com os profissionais nas unidades próximas de sua residência. Isso reflete no aumento do número de atendimentos, procedimentos e visitações. É um trabalho importante para reduzir os atendimentos no Hospital Regional e prevenir doenças”, indica o prefeito. 



Comunicar erro




VEJA MAIS