• Paraíso17

Polícia faz buscas em endereços ligados ao candidato Roberto do Zuza em Taquarussu

Ação policial acontece na manhã desta quinta-feira (22), com apoio da SIG de Nova Andradina
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova
22/10/2020 08h44
Polícia Civil encaminhou Roberto do Zuza para Delegacia / Imagens: Jornal da Nova

Na manhã desta quinta-feira (22), a Polícia Civil faz buscas em endereços ligados ao candidato a vice-prefeito de Taquarussu, Roberto Santos Neves, de 50 anos, popular Roberto do Zuza, que concorre ao pleito eleitoral com o candidato a prefeito João do Bruno. A ação envolveu policiais civis de Taquarussu e da SIG (Seção de Investigações Gerais) de Nova Andradina.

 

Leia também

|Adversário político ameaça prefeito Roberto Nem de morte em Taquarussu

 

Como o Jornal da Nova noticiou em primeira mão na manhã do último dia 13, o prefeito de Taquarussu Roberto Nem, registrou um boletim de ocorrência contra Zuza, por ameaça.

 

Hoje, a ação policial aconteceu na residência de Roberto do Zuza e do seu filho. A reportagem tentou contato com o delegado titular Caio Leandro Bicalho Martins, mas não atendeu as ligações para comentar sobre a operação.

 

A reportagem apurou que os policiais foram cumprir os mandados de busca e apreensão para buscar evidências que possam comprovar que Zuza tem armas ou algo que possa ligar ele com a denúncia de ameaça.

 

O Jornal da Nova também apurou que logo após o registro de ocorrência, algumas testemunhas foram ouvidas, mas o caso segue em sigilo na Delegacia de Polícia. Roberto do Zuza foi encaminhado à Delegacia de Polícia.

Ação tem apoio de policiais civis de Nova Andradina - Foto: Jornal da Nova

Ameaça

Nem relatou que soube do fato por terceiros quando estava na missa. Chegaram no prefeito dizendo para ele ir para sua residência, onde alguém iria ligar.  

 

O filho dele contou que os comentários na cidade eram de que o presidente da Câmara [Roberto do Zuza] tinha mostrado uma arma no balcão de um comércio e feito as ameaças, prefeito e família ficaram apreensivos. “Liguei no mercado e houve a confirmação por parte de funcionários e do dono. Houve outras pessoas que também testemunharam”, disse Roberto Nem. 

 

O prefeito disse que nunca teve brigas ou desentendimentos com Roberto do Zuza. Ele alega que o vereador, inclusive, era do PSDB e decidiu sair do partido. “Nunca esperava, na minha vida, que ele faria uma ameaça dessas”, destacou Nem.

 

O outro lado

Na época, em nota ao Jornal da Nova, o presidente da Câmara, Roberto do Zuza, repudiou o caso.

 

O candidato citou que: “A matéria veiculada onde o atual prefeito Roberto Nem se diz vítima de ameaça não passa de armação perpetrada no sentido de prejudicar a campanha da nossa coligação. Ressalta veementemente que não realizou ameaça ao prefeito e quaisquer pessoa ligada ao mesmo, bem como não ser verdade que tenha exibido arma de fogo e outra porque não tem nada contra o atual prefeito”. 



Comunicar erro




VEJA MAIS