• Paraíso17

Polícia Ambiental de Bonito multa fazendeiro em R$ 24 mil por desmatamento

Foi utilizado drone para a caracterização do uso atual do solo onde existiam as áreas florestadas
Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: PMA/Divulgação
21/11/2020 14h00
Área perfez 82,92 hectares destruídos / Imagens: PMA/Divulgação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bonito autuou um infrator por desmatamento ilegal de vegetação de 83 hectares nativa para plantio de pastagem, em uma propriedade rural no município, à margem da rodovia MS-382.

 

A equipe vistoriou o local ontem (20) e verificou oito áreas na propriedade que foram desmatadas e descobertas por técnica de sobreposição de imagem de satélites e que não havia licença para a atividade nas áreas.

 

Os policiais mediram a área desmatada ilegalmente com uso de GPS, que perfez 82,92 hectares destruídos. A madeira proveniente da vegetação desmatada já havia sido explorada e não estava mais no local. Também foi utilizado drone para a caracterização do uso atual do solo onde existiam as áreas florestadas.

 

O fazendeiro de 58 anos, residente em Maracaju, foi autuado administrativamente e recebeu multa administrativa de R$ 24.9 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

 

O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.



Comunicar erro




VEJA MAIS