Polícia investiga morte de homem em praça pública de Anaurilândia

Fato ocorreu no último dia 26 na cidade, mas caso ganhou repercussão nesta segunda-feira
Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: Arquivo
01/12/2020 10h01
Sidney Alves dos Santos, de 38 anos, foi encontrado morto com sinais de espancamento / Imagens: Arquivo

Sidney Alves dos Santos, de 38 anos, conhecido como "Cabelo", natural de Presidente Prudente (SP), foi encontrado morto na última quinta-feira (26), na cidade de Anaurilândia. O caso só ganhou repercussão nesta segunda-feira (30).  

 

Conforme o boletim de ocorrência, Sidney foi encontrado por populares, com ferimentos na cabeça e na face e sinais de agressão, chegou a ser socorrido por uma ambulância do município, mas veio a óbito. A Polícia Militar fez rondas na cidade, contudo, nenhum suspeito foi identificado ou localizado.  

 

O Jornal da Nova apurou que mais cedo, por volta das 11h30, Sidney havia sido detido por atear fogo em uma residência na Vila Quebracho, mesmo município. Segundo o registro da detenção, ele alegou que o fogo era para "espantar pernilongos".  

 

Funcionários da subprefeitura do Quebracho apagaram o incêndio.  

 

Relatos de moradores que ele ficou em Bataguassu, Vila Quebracho e Anaurilândia, ele surtava, mas nunca teria agredido alguém. A Polícia Civil investiga o caso.

Momento em que foi detido na manhã do último dia (26) - Foto: Jornal da Nova



Comunicar erro




VEJA MAIS