Senadora Soraya traz mais de R$ 92 milhões ao Estado e anuncia fórum de integração MS Certo

Da Redação / Imagens: Divulgação
21/02/2021 15h00
Senadora Soraya entregando projeto FÓRUM MS CERTO para o presidente Fiems, Sérgio Longen / Imagens: Divulgação

Ao completar dois anos de mandato, a senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) consolida a sua preocupação com o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Ao longo desses 24 meses à frente do cargo, ela obteve mais de R$ 92 milhões de recursos para investimentos no Estado, dos quais R$ 59,5 milhões foram destinados somente para a Saúde, R$ 450 mil para a Segurança, R$ 4,5 milhões para a Educação, R$ 5,5 milhões para o Turismo, R$ 20,5 milhões para a Infraestrutura e Desenvolvimento, R$ 1,5 milhão para a Agricultura e R$ 600 mil para projetos sociais.

 

“Já conquistamos muito para o nosso Estado como senadora da República continuarei trabalhando para defender o nosso Estado e cuidar da família, fortalecendo o progresso”, reforça a parlamentar, lembrando que o Estado está mudando e a população está mudando junto para que possamos avançar. “Estamos enfrentando uma pandemia e passamos por adaptações, mas chegamos até aqui mais fortes”, pontuou.

 

Soraya Thronicke acrescenta que nos últimos dois anos  ajudou o Estado para que tivesse as conquistas necessárias para continuar no caminho do desenvolvimento. “Lutamos no combate à corrupção e ao crime organizado, assinamos todos os pedidos de instalação da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da Lava Toga, defendemos a aprovação da prisão em 2ª Instância, apoiamos a Lava Jato e criamos a Operação Transparência para fiscalizar os recursos públicos”, enumera.

 

A parlamentar sul-mato-grossense também destaca que solicitou à CGU (Controladoria Geral da União) a fiscalização dos gastos com a Covid-19, bem como pressionou e conseguiu a instalação da Delegacia de Combate ao Crime Organizado em Mato Grosso do Sul. “Apoiamos o pacote de nove medidas de combate à corrupção, apoiamos a criação de Escolas Cívico-Militares e destinamos mais de R$ 40 milhões para o combate ao novo coronavírus. Além disso, enviamos R$ 4,5 milhões para a infraestrutura escolar, lutamos pela liberdade econômica relatando a Lei de Liberdade Econômica do Governo Federal”, relata.

 

Nesta semana, a senadora convocou os colegas do Senado Federal para trabalhar em prol Frente Parlamentar em apoio ao Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC), que vai atuar em ações integradas para que as sete Unidades da Federação que compõem o consórcio - Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins - possam crescer e avançar nas áreas de logística, infraestrutura, social e de negócios. “O Consórcio do Brasil Central tem uma bancada no Congresso Nacional de 21 senadores e 75 deputados federais e espero a adesão de todos à Frente Parlamentar para trabalharmos juntos pelo desenvolvimento do Brasil Central”, pontua.

 

Fórum de Integração MS Certo

Para continuar no caminho de apoio ao desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, no mês de março a senadora Soraya Thronicke vai lançar o “Fórum de Integração MS Certo”, uma iniciativa da parlamentar e do PSL no Estado para debater as demandas prioritárias e políticas públicas nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento, habitação, segurança, mobilidade urbana, esporte/cultura e infraestrutura em todo o Estado.

 

Entre os meses de março e dezembro, serão realizadas reuniões nas cidades-sede das regiões geopolíticas do Estado – Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Paranaíba, Região do Pantanal (Corumbá, Aquidauana e Miranda), Ponta Porã, Naviraí, Ivinhema e São Gabriel do Oeste e Coxim. O Fórum tem caráter itinerante e conta com a participação de prefeitos, vereadores, lideranças empresariais, além de técnicos e profissionais convidados, com objetivo de levantar informações a respeito das necessidades de cada região, seus municípios e as comunidades.

 

O projeto também pretende atuar junto à Superintendência de Desenvolvimento da Região Centro-Oeste (Sudeco) e ao Executivo Federal em busca de recursos e parcerias que atendam às demandas dos municípios como o Programa Wi-Fi Brasil do Ministério das Comunicações. No âmbito do Fórum serão criadas as Rotas da Integração regionais e estimulada a formação da Frente Parceiros da Integração, unindo empresários, artistas, intelectuais, profissionais liberais, órgãos, entidades e instituições para que possam contribuir com campanhas publicitárias de cunho institucional em relação às potencialidades do Estado.



Comunicar erro




VEJA MAIS