Senad encontra 2 ton de maconha em ''QG'' do tráfico, mas ninguém é preso

Droga estava prestes à ser enviada para o Brasil
Da Redação / Imagens: Senad Paraguai/Divulgação
27/03/2021 07h30
Ninguém foi preso no local / Imagens: Senad Paraguai/Divulgação

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai apreendeu duas toneladas de maconha em uma residência que era usada por traficantes em Zanja Pytã, no Paraguai, região que fica ao lado do distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã. A droga estava prestes a ser enviada para o Brasil, segundo o “Campo Grande News”.

 

Os policiais foram até o local apurar denúncia de que endereço era utilizado por um grupo de criminosos brasileiros e paraguaios. No entanto, ninguém foi encontrado na residência.

 

As centenas de tabletes da drogas estavam em fundos falsos sob a lataria e sobre os bancos de duas caminhonetes, modelo Toyota/Hilux e GM/S10. Também havia droga dentro da residência. O promotor Celso Morales acompanhou a operação e determinou a transferência da droga e outras provas encontradas para a base regional da Senad em Pedro Juan Caballero.



Galeria de Imagens / Imagens: Senad Paraguai/Divulgação



Comunicar erro




VEJA MAIS