Semana Nacional dos Museus terá como tema este ano o futuro dessas instituições

Karina Lima, FCMS / Imagens: Divulgação
14/05/2021 16h30

Será realizada de 17 a 21 de maio de 2021 a 19ª Semana Nacional de Museus, com programação totalmente online. O tema deste ano é “O futuro dos museus: Recuperar e reimaginar”. Um dos objetivos é questionar a atuação e possibilidades dos museus brasileiros, transformando e construindo os museus que pretendemos projetar no amanhã.

 

A programação deste ano conta com oficina de fotografia,  palestras, exibição de filmes, lançamento de curta-metragem, sarau virtual, concurso, exposições e visitas virtuais e lançamento de livros e documentários. Confira aqui a programação!

 

A Semana Nacional dos Museus é realizada em celebração ao Dia Interacional dos Museus, 18 de maio (desde 1977).  Nas palavras do ICOM – International Council of Museums, seu idealizador, o objetivo da data é chamar a atenção para que “Museus são um importante meio de intercâmbio cultural, enriquecimento de culturas e de desenvolvimento de entendimento mútuo, cooperação e paz entre os povos”. Museus do mundo todo organizam, nessa data, eventos e atividades a partir de um tema comum proposto pelo ICOM.

 

No último ano, cerca de 37.000 museus, de mais de 150 países, participaram do Dia Internacional de Museus, o que demonstra a abrangência e relevância da iniciativa. No Brasil, o Ibram – Instituto Brasileiro de Museus coordena a Semana Nacional de Museus, que já está em sua 19ª edição, estendendo a comemoração dessa data.

O evento faz parte das ações previstas pelo Sistema Estadual de Museus. Anteriormente à pandemia da Covid-19, o evento ocorreria no mesmo período, com várias ações simultâneas acontecendo pelos museus instalados em MS, porém, cumprindo as orientações da OMS e do Governo do Estado de MS, as ações serão realizadas, pelo segundo ano consecutivo pelo meio virtual, evitando assim aglomerações e mantendo o isolamento social, uma das formas mais efetivas de prevenção ao contágio da Covid-19. 

 

As ações serão realizadas sob coordenação do Sistema Estadual de Museus de MS, com a participação de vários museus e instituições públicas e privadas do estado: Rede de Educadores de Museus de MS; Arquivo Público Estadual de MS; Casa Dr. Gabi – Espaço de Memória; Casa da Ciência e Cultura de Campo Grande; Museu José Antônio Pereira/SECTUR/Prefeitura Municipal de Campo Grande; Museu da Imagem e do Som – MIS; Museu de Arte Contemporânea – MARCO; Museu de Arqueologia – MuArq/UFMS; Museu Arqueológico e Histórico de Coxim; Museu das Culturas Dom Bosco – MCDB/UCDB; Museu de História da Medicina de Mato Grosso do Sul e Museu Municipal de Maracaju – Domadora Anna Thereza de Lima Alves. 

 

O público-alvo são funcionários de museus, secretarias e departamentos culturais, universidades, estudantes, professores, agentes culturais e a população interessada em geral. Para participar, não é necessário realizar inscrição. Basta acompanhar a programação, que será transmitida ao vivo pelas redes sociais da Fundação de Cultura de MS e instituições parceiras. Clique aqui e confira a PROGRAMAÇÃO ESTADUAL.

 

A organização e coordenação em nível estadual fica à cargo do Sistema Estadual de Museus de MS. O Sistema é ligado à Fundação de Cultura de MS e agrega os diversos museus instalados no Estado de Mato Grosso do Sul, atuando em parceria com estas instituições, buscando parcerias e prestando assessoria técnica nesta área. As instituições presentes no estado são ligadas ao setor público (federal, estadual e municipal), além de universidades e associações privadas.



Comunicar erro




VEJA MAIS