PMA de Três Lagoas autua paulista em R$ 50 mil por desmatamento ilegal de vegetação

O desmatamento objetivou a limpeza da área para o gado da propriedade
Luis Gustavo, Da Redação / Imagens: PMA/Divulgação
05/08/2021 18h00
Os animais acessavam livremente à vegetação das áreas protegidas do lago / Imagens: PMA/Divulgação

A PMR (Polícia Militar Ambiental) de Três Lagoas realizou, fiscalização em uma propriedade rural, localizada à margem da rodovia MS-245 no município de Água Clara e, localizou um desmatamento ilegal em área protegida de matas ciliares do lago da Usina Hidrelétrica São Domingos no rio Verde.

 

A supressão ilegal foi realizada dentro de uma área de dez hectares em vegetação protegida de mata ciliar do lago. O desmatamento objetivou a limpeza da área para o gado da propriedade. 

 

Os animais acessavam livremente à vegetação das áreas protegidas do lago e o pisoteio poderia causar erosões e assoreamento do lago. O infrator foi notificado a retirar o gado das áreas protegida.

 

O infrator, de 51 anos, residente em Andradina (SP), foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 50 mil. Ele também responderá por crime ambiental. O autuado foi notificado a apresentar um Prada (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada) junto ao órgão Ambiental.



Comunicar erro




VEJA MAIS