Morre Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, aos 80 anos

O artista, que toca nos Stones desde 1963, já havia anunciado no dia 4 deste mês que não participaria da próxima turnê da banda, chamada No Filter, por motivos de saúde
CNN Brasil / Imagens: Divulgação
24/08/2021 14h56
Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones / Imagens: Divulgação

O baterista da lendária banda britânica Rolling Stones, Charlie Watts, morreu nesta terça-feira (24), segundo anunciado pelo agente do artista. Watts tinha 80 anos e a causa da morte ainda não foi revelada.

 

O músico, que tocava nos Stones desde 1963, já havia anunciado no dia 4 deste mês que não participaria da próxima turnê da banda, chamada No Filter, por motivos de saúde.

 

Ele estava internado em um hospital em Londres, e sua família o acompanhava no local. Em nota, o agente afirma que Watts era “um marido, pai e avô amado” e “um dos maiores bateristas de sua geração”.

 

Nada foi divulgado sobre o funeral e sepultamento do músico, sob pedidos de privacidade por parte da família.

 

Cirurgia de emergência e abandono da turnê

Pouco se sabe sobre o quadro de saúde de Charlie Watts. No início do mês, ele passou por uma cirurgia em caráter emergencial, mas não informou qual o procedimento, nem se havia outro problema por trás da iniciativa – disse apenas que havia sido “totalmente bem-sucedida” através de um porta-voz.

 

A cirurgia levou ao afastamento do baterista da próxima turnê dos Rolling Stones, a primeira após o cancelamento de eventos devido à pandemia da Covid-19. A série de shows chamada de No Filter deve percorrer Dallas, Atlanta, Los Angeles e Las Vegas, a partir de 26 de setembro, e as baquetas ficarão nas mãos de Steve Jordan, que toca no projeto paralelo de Keith Richards.

 

Jordan já havia substituído Watts em outra ocasião, quando o titular teve de se afastar das atividades por conta do tratamento de um câncer. Ainda não há informações sobre se o falecimento tem relação com a doença.

 

“Pela primeira vez, meu ritmo tem estado um pouco estranho. Tenho trabalhado duro para estar completamente bem, mas hoje eu devo aceitar os conselhos dos especialistas, que dizem que isso vai demorar mais um pouco”, disse Charlie Watts em um comunicado lançado nas redes sociais da banda anunciando a substituição.

 

Carreira

Charlie Watts ganhou fama como baterista com os Rolling Stones, a partir de 1963. Juntamente com Mick Jagger e Keith Richards, ele esteve em todas as formações da banda.

 

Além de estrela do rock, o músico também teve influência nas cenas do blues e do jazz, paixões declaradas do artista.



Comunicar erro




VEJA MAIS