150 minutos de atividade física semanal podem ajudar a melhorar o funcionamento do sistema imune

Para quem deseja permanecer no isolamento, medida é bem-vinda e facilita cuidado com saúde dentro de casa
Da Redação / Imagens: iStock
14/09/2021 10h30

150 minutos de atividade física de intensidade moderada e frequência semanal são o suficiente para ajudar o organismo a evitar a morbidade e combater uma eventual infecção pelo vírus da Covid-19. É o que afirma Bruno Gualano, do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da USP, em entrevista ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição. 

 

Segundo ele, a prática regular de exercícios físicos desenvolve no corpo uma “proteção natural", que é capaz de tornar mais eficaz a ação do sistema imunológico contra patógenos como o sars-cov-2. 

 

O exercício físico interfere no equilíbrio químico do corpo, afetando a presença de citocinas, substâncias que agem a favor de um mecanismo anti ou pró-inflamatório. A quantidade e a frequência das atividades são importantes, pois determinam se a dose será benéfica ou maléfica.

 

Exercícios muito pesados, por exemplo, se praticados sem a instrução correta e com frequência exagerada, podem aumentar a propensão a infecções, ao invés de ajudar o corpo. Isso pode ocorrer principalmente nos indivíduos de idade avançada. Por isso, é muito importante o planejamento e a dosagem correta.

 

Os 150 minutos de exercícios moderados, do tipo que te deixa ofegante, são a melhor recomendação para quem deseja aumentar a eficácia do seu sistema imunológico. Nesse tempo, todo tipo de ação física pode colaborar para preenchê-lo. Subir escadas, carregar compras ou mesmo programar exercícios aeróbicos para fazer dentro do quarto são opções para quem deseja se manter saudável, sem precisar ir à academia.

 

Aderir a essa rotina é manter-se seguro dentro do isolamento. Apesar de abertas e seguindo recomendações, as academias ainda apresentam riscos inevitáveis. O ideal para continuar protegido é consultar qualquer profissional formado em um curso de educação física, que possa fornecer dicas e planos para a prática de exercícios físicos em casa.

 

A vacinação contra a Covid-19 segue estável e o quadro geral tem potencial para grandes melhoras, mas especialistas ainda afirmam que a normalidade pode ser alcançada apenas em meados de 2023. Até que a situação possa ser considerada estável, é necessário continuar tomando todos os cuidados necessários. 

 

A prática de exercícios físicos em local controlado e seguro pode não só aumentar a resistência do organismo, como também gerar um quadro de saúde física e mental mais bem preparado, para encarar as adversidades da situação de crise sanitária, que ainda pode durar um longo período.



Comunicar erro




VEJA MAIS