Assembleia reforça indicação da Câmara de Nova Andradina que pede criação da CNH Social

A indicação, direcionada ao governador Reinaldo Azambuja e ao diretor-presidente do Detran
Da Assessoria / Imagens: Arquivo/CMNA/Divulgação
22/10/2021 16h00
Vereadora Gabriela Delgado e vereador e presidente da Câmara Dr. Leandro Fedossi / Imagens: Arquivo/CMNA/Divulgação

Durante sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado, o deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) reforçou o pedido feito pelos vereadores Dr. Leandro Fedossi (PSDB) e Gabriela Delgado (PSB), por meio da indicação nº 270/2021, em que solicita a criação do Programa CNH Social, em Mato Grosso do Sul. A medida visa possibilitar o acesso gratuito aos serviços de primeira habilitação aos jovens de baixa renda.

 

Como requisitos básicos para obtenção da eventual gratuidade, Corrêa sugere que os beneficiários tenham entre 18 e 27 anos, saibam ler e escrever e comprovem renda individual de até três salários mínimos.

 

Na indicação, direcionada ao governador Reinaldo Azambuja e ao diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, o parlamentar ressalta que outros estados já possuem programas similares.

 

No mesmo documento também sugerido pelos parlamentares novaandradinenses, Paulo Corrêa também pede a criação de outro programa, este segundo com o objetivo de inserir novos motoristas profissionais no mercado de trabalho, com idades entre 21 e 50 anos, por meio da mudança de categoria para C, D ou E, de forma gratuita.

 

“Obrigado Deputado Paulo Corrêa, por reforçar nosso pedido e levar nossa propositura para ser aprovada na Assembleia Legislativa. Estamos unidos em prol do povo de Nova Andradina e no nosso Estado”, destacaram Dr. Leandro Fedossi e Gabriela Delgado.



Comunicar erro




VEJA MAIS