Prefeitura intensifica fiscalização de terrenos em Batayporã

Imóveis sujos e sem manutenção estão sujeitos à notificação e multa; Executivo combate ocorrências de escorpiões e mantém prevenção da dengue, zyca e chikungunya
Ascom/PMB / Imagens: Reprodução/Pexels
01/12/2021 16h00
Moradores devem manter quintais das residências e terrenos baldios particulares limpos / Imagens: Reprodução/Pexels

Terrenos sujos e sem manutenção são um risco para os habitantes. No verão, ocorrências com animais peçonhentos são mais comuns, além da conhecida incidência de criadouros para o mosquito transmissor da dengue, zyca e chikungunya. De olho neste cenário, a Prefeitura de Batayporã intensificou a fiscalização por meio das secretarias de Obras, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, e de Saúde.

 

A inspeção sanitária bem como eventuais punições já estão previstas no Código de Posturas do Município – Lei Complementar 08/2003 – e na Lei Complementar n.44/2019. O Executivo orienta à população para que mantenha os terrenos limpos, pois as irregularidades podem ocasionar notificação e multa. Nestes casos, os fiscais de postura são os responsáveis por vistoriar, notificar e, se necessário, multar os proprietários de imóveis que não corresponderem às solicitações.

 

Há ainda o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde executado pela Vigilância Sanitária através do Controle de Vetores, com a atuação de fiscais e agentes de combate à endemias. Esse serviço conta com um disque denúncia - 67 99284 2904 – para localidades com presença de animais peçonhentos, como escorpiões e cobras, de insetos e parasitas, além de criadouros de mosquito da dengue. Também é possível acionar o Controle de Vetores pelo telefone (67) 3443 1918.

 

Para o prefeito Germino Roz (PSDB), cuidados simples evitam transtornos para os moradores. “Se cada um cuidar do que é seu, ninguém tem problema. Nós evitamos a proliferação de pragas e poupamos desgastes como notificações e multas. É preciso que a população cuide de seus quintais e terrenos”, pontuou o gestor.



Comunicar erro




VEJA MAIS