''Pré-natal do papai parceiro'': ação especial da Saúde acolhe companheiros de gestantes em Batayporã

As 4 unidades da Estratégia de Saúde da Família participaram da ação
Ascom/PMB / Imagens: Prefeitura de Batayporã
20/05/2022 07h00
Vez dos papais: consulta médica teve foco na saúde do homem / Imagens: Prefeitura de Batayporã

A Secretaria Municipal de Saúde de Batayporã promoveu durante a noite da última quarta-feira (18), a ação “Pré-natal do Papai Parceiro”, com vistas à promoção da saúde dos companheiros das gestantes. Com o objetivo de incluir a família nos cuidados durante a gravidez, os homens passaram por consulta médica, as gestantes tiveram consulta odontológica e as crianças foram acolhidas pela equipe de agentes comunitários de saúde com atividades recreativas.

 

As quatro unidades da Estratégia de Saúde da Família participaram da ação. Ao todo, foram realizados 15 atendimentos médicos de pais e 11 atendimentos odontológicos de gestantes. “Ficamos muito gratos por todos que compareceram. O tempo frio não colabora, então, ficamos muito gratos pelo compromisso dessas famílias”, afirmou a enfermeira coordenadora da Atenção Primária à Saúde, Franciele Figueiredo Cantadori.

 

Vale ressaltar que o acompanhamento pré-natal é realizado rotineiramente em todas as unidades. Conforme explicou a secretária municipal de Saúde, Letícia Sanches, o intuito da ação é incentivar o acompanhamento entre as famílias que têm jornada de trabalho diferenciada.

 

“Às vezes os pais acabam não se cuidando e não se preparam para este momento porque não conseguem flexibilizar o horário no trabalho, ou mesmo necessitam ficar com os outros filhos para que as gestantes compareçam às consultas. O atendimento estendido visou facilitar para todos e as equipes se preocuparam em cuidar das crianças também”, detalhou a gestora.

 

A secretária destacou ainda a organização das equipes. “Tudo estava muito acolhedor, com detalhes que fazem a diferença. Desde uma decoração especial, até um chá ou café que foi servido, as atividades preparadas. São cuidados especiais que demonstram o apoio a esses projetos e a preocupação com os pacientes”, complementou Letícia.



Comunicar erro




VEJA MAIS