Polícia Civil elucida crime de furto de gado em Santa Rita do Pardo

Durante os trabalhos, os policiais conseguiram localizar o local exato onde o animal foi abatido

Da Redação


A Polícia Civil, por meio de trabalho investigativo e pericial, solucionou, nessa quinta-feira (18), um caso de furto de gado ocorrido em uma fazenda na zona rural de Santa Rita do Pardo. As autoridades policiais compareceram no local no último dia 21 de abril, constatando a materialidade do delito.

Foram realizadas séries de investigações e perícias, utilizando métodos avançados para desvendar o crime. “Graças a esses esforços, foram encontrados indícios importantes que levaram à identificação dos envolvidos no furto de gado”, disse o delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita do Pardo, Lúcio Otavio Pereira Marinho.

Durante os trabalhos, os policiais conseguiram localizar o local exato onde o animal foi abatido, bem como identificar os rastros deixados pelos criminosos. Além disso, identificaram o veículo utilizado para transportar o animal, que foi encontrado em uma fazenda vizinha.

 Propriedade rural onde aconteceu o abigeato - Foto: Polícia Civil/Divulgação

“A resolução deste crime de abigeato destaca a dedicação e o compromisso da Polícia Civil em coibir a criminalidade rural. É importante ressaltar que este foi o primeiro caso de furto de gado registrado no ano, no município, e que foi devidamente solucionado, trazendo segurança e tranquilidade para os criadores de gado da região”, destacou o delegado.

O delegado Lúcio Otavio Pereira Marinho, reforça a importância da colaboração entre a população e as instituições de segurança, para combater esse tipo de crime. “A população de Santa Rita do Pardo e dos demais municípios podem confiar no empenho das autoridades em combater ativamente a criminalidade e proteger os interesses dos produtores rurais. A solução desse caso serve como um exemplo de sucesso no enfrentamento de delitos dessa natureza”, completou. 

Peritos e policial durante as investigações - Foto: Polícia Civil/Divulgação

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!