Sistema de coleta Seletiva completa 4 anos em Nova Andradina

População deve fazer a separação dos recicláveis; siga o cronograma da Coleta Seletiva

Cogecom


Nova Andradina conta com serviços de coleta seletiva com cronograma semanal ou quinzenal em todos os bairros da cidade e do distrito. O Programa “Recicla Nova”, iniciado em 2019, visa reciclar para reduzir a quantidade de resíduos destinados ao Aterro Sanitário, preservar o Meio Ambiente, além de promover a inclusão social dos catadores atuantes no município.

Cronograma da Coleta Seletiva Semanal

  • Segunda-feira: Vila Beatriz, Horto Florestal, Campo Verde e Centro Educacional;
  • Terça-feira: Capilé, Jardim Alvorada, Santa Terezinha e Irman Ribeiro;
  • Quinta-feira: Portal do Parque, região do Universitário, Pedro Pedrossian e Ipanema;
  • Sexta-feira: Cristo Rei, Morada do Sol, Argemiro Ortega, Bela Vista, Ulisses Pinheiro e Paris;
  • De segunda a sexta-feira: avenidas Moura Andrade e Eurico Soares de Andrade.

Cronograma de Coleta Seletiva Quinzenal

A cada 15 dias, sempre numa quarta-feira: Distrito de Nova Casa Verde, Vila Operária, São Vicente, Vila Operária, e Sinhá Estela, Imperial e Monte Carlo.

A Coleta Seletiva é executada pela empresa Transresiduos, que dispõe de dois coletores com a colaboração de um motorista para conduzir o caminhão baú adaptado para receber os resíduos recicláveis. O material coletado é destinado à Unidade de Separação de Recicláveis, localizada dentro do Aterro Sanitário, onde atua a Associação Nova Limpa, que conta com o trabalho de catadores e classificadores de resíduos do município.

O Lixo que não é Lixo é constituído por materiais recicláveis, tais como papéis, plásticos, vidros, metais, sucatas de fogão, de televisão, de máquina de lavar, entre outros.

Lixo domiciliar convencional, jardinagem e entulhos diversos

Diferentemente da coleta seletiva de recicláveis, realizada por empresa terceirizada, o serviço de recolhimento do lixo domiciliar convencional não reciclável, é realizado pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Semusp). Os resíduos gerados nas atividades diárias nas residências, nos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, comprometidos por materiais orgânicos, considerados lixos, são aqueles especialmente coletados de sanitários e cozinhas.

Quanto ao material que sobra da manutenção de jardinagem ou podas de árvores, de entulhos de construção, sofás ou armários de madeira, o proprietário ou empresa prestadora desse serviço deve levar ao aterro de inservíveis localizado na esquina das ruas Pastor Julio de Alencar e Antônio Duarte, no bairro Campo Verde.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!