Funael é parabenizada pela realização da 33ª Corrida do Trabalhador em Nova Andradina

CMNA


Por proposição do vereador Fabio Zanata (MDB), a Fundação Nova-andradinense de Esporte e Lazer - Funael, responsável pela realização da 33ª edição da Corrida Ciclística e Pedestre do Trabalhador, recebeu moção de parabenização da Câmara Municipal na última sessão ordinária.

A Corrida Ciclística e Pedestre do Trabalhador é realizada anualmente, contando com o apoio do Governo Municipal, privilegiando tanto o esportista amador, quanto o profissional. Neste ano, a competição destacou-se como uma das principais provas do atletismo sul-mato-grossense, que nesta edição, bateu o recorde de participantes, com mais de 600 atletas inscritos no pedestrianismo e ciclismo de regiões como estado de Mato Grosso, Goiás, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e até de outra nacionalidade, o caso da atleta olímpica Marcela Cristina Gomez Cordeiro (Argentina), que participou dos jogos olímpicos de Tóquio 2020. Outras duas atrações presente nesta edição como apreciadores da festividade foram dos atletas paralímpicos, sul-mato-grossense Yeltsin Jacques, campeão paralímpicos nos 1.500m e 5.000m nos jogos paralímpicos de Tóquio 2020 e Edilson Ávila, atleta paralímpicos do município de Iguatemi, enfatizou Fabio na moção.

Na ocasião, o parlamentar ressaltou que a secretaria municipal de educação, cultura e esporte por meio se sua fundação Nova-Andradinense de esporte e lazer, busca dentro dos seus princípios promover a equidade, a igualdade e a inclusão para todos em suas ações esportivas, mas para as coisas acontecerem é importante o envolvimento do gestor do município, o prefeito José Gilberto Garcia.

No documento, “Fabio Zanata destaca ainda que o chefe do Executivo municipal permite elaborarmos as condições ideais para que o esporte seja valorizado, bem como o envolvimento do legislativo, pois investir no esporte depende de todos nós juntos. Nesta perspectiva, o evento busca sempre dar o maior suporte e acomodações aos atletas e competidores e expectadores, considerando que a atividade do evento possa cada dia mais colocar Nova Andradina, no cenário do esporte, da cultura e do lazer, sabendo de toda movimentação comercial, entre outros fatores que podemos ver a exaltação de nosso município, sobretudo, as relações humanas em processo crescente e felicidade de todos e todas atletas e sociedade”, disse o parlamentar.

 

“É com imensa gratidão que viemos receber essa homenagem, mediante as organizações realizadas dentro da fundação. Todas as ações que propusemos a realizar, damos o máximo para proporcionar o melhor à nossa comunidade”, enfatizou o diretor-presidente da Funael, Willian Moraes, ao fazer uso da tribuna.

Por se tratar de uma competição de alto nível e atrair esportistas, imprensa, patrocinadores, torcedores, entre outros, colocando o nome de Nova Andradina em evidência, a moção foi entregue aos organizadores da 33ª corrida do Trabalhador. A moção foi assinada por todos os vereadores e vereadoras.

Histórico da corrida

O ano foi 1989, em que os irmãos Antônio Amorim, Gilmar Amorim e Hermes Amorim, idealizaram a tradicional corrida ciclística e pedestre do trabalhador, fomentando assim atrações esportivas e culturais em celebração ao Dia do Trabalhador, no município de Nova Andradina. A proposta de realizar um dia de entretenimento esportivo amador mais específico nas modalidades de ciclismo e pedestrianismo para a população nova-andradinense e região foi posta em prática e deu portas para os anos posteriores de atividades atléticas.

O evento da corrida ciclística e pedestre do trabalhador, foi sendo disseminada e tomando forma nas vias de rolamento da cidade sorriso, com suas edições anos após anos e o evento realizado na época, tinha como ponto de partida aos corredores, o município de Bataiporã, transcorrendo toda a rodovia MS-134 Alcides Sãovesso, que tinha seu trânsito interditado durante a festividade até alcançar a Praça Brasil no município de Nova Andradina, local em que a população e competidores eram acomodados para a entrega dos prêmios e atrações de manobras.

A popularização da corrida ciclística e pedestre do trabalhador, contribuiu para a profissionalização do evento, o ciclismo passou a compor a chancela da federação de Mato Grosso do Sul, que atribuiu em seu calendário esportivo a prova de 1º. de maio, acrescentando à festividade o GP de ciclismo, válido pelo ranking da confederação brasileira de ciclismo, fato que logo, começou a despertar o interesse de atletas dos estados de São Paulo e Paraná em participar do evento.

Desta forma, os custos para a realização do evento começaram a ficar muito alto, devido ao novo formato elevando o nível de competitividade, mesmo com apoio do governo municipal, e cada vez menos apoio do comércio local, os irmãos Amorim, concederam no ano de 2015, ao município de Nova Andradina, o direito de organizar a prova, para que a festividade não chegasse ao seu fim.

Diante da proposta, a prefeitura de Nova Andradina, por meio de sua Secretaria Municipal, de Educação, Cultura e Esporte e da fundação nova-andradinense de esporte e lazer, passou a realizar estudos para o novo formato do evento coadunando com as tratativas junto a federação de ciclismo de Mato Grosso do Sul, prosseguindo com a tradição do evento.

Neste viés, a 33ª corrida ciclística e pedestre do trabalhador 2023, pensando em entregar aos atletas o melhor e mais seguro evento, e ponderando para o bem dos usuários das vias de rolamento, que em edições anteriores ficavam com o trânsito totalmente bloqueado, modificou a estrutura física do trajeto, ouvindo as lideranças dos bikes clubes de Nova Andradina e corredores de rua, tendo por novidade planejar para que o evento acontecesse na rodovia MS-473, que dá acesso ao campus do Instituto Federal de Nova Andradina.

Programado todos os detalhes e realizada as tratativas com os órgãos responsáveis por cada seguimento, as inscrições para a corrida foi liberada e a cada dia de monitoramento as expectativas eram grandes. Pensando nas crianças lançamos junto a festividade a atração kids, um sucesso. Embora temos que realizar dia que antecede ao evento de primeiro de maio, o kids teve uma aceitação incrível, 152 crianças inscritas para desafiarem-se em provas rápidas de 100, 200 e 1500 metros no pedestre e ciclismo, programação essa realizada na avenida Brás de Assis Nogueira, fundos ao estádio municipal Luís Soares Andrade – Andradão.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!