3º Batalhão de Polícia Militar apresenta balanço operacional semestral

Da Redação


O 3ºBPM (3º Batalhão de Polícia Militar) de Dourados divulgou, nessa quarta-feira (5), o balanço das ações desenvolvidas neste semestre de 2023, resultados expressivos alcançados em relação ao mesmo período do ano de 2022, os quais evidenciam o constante compromisso da Instituição com a Preservação da Ordem Pública e a incessante busca da melhora da sensação de segurança da população.

As ações da Polícia Militar resultaram na captura de 123 indivíduos que estavam foragidos da justiça que foram retirados de circulação, apreensão de mais de uma tonelada de drogas, 24 veículos recuperados, 27 armas apreendidas, 307 fiscalizações de medidas protetivas de urgência, e 610 pessoas encaminhadas à Delegacia de Polícia.

Policiais compromissados com a comunidade, dedicados na execução do policiamento ostensivo, os policiais militares que integram o efetivo do 3º Batalhão de Polícia Militar de Dourados e subunidades, se dedicam a preservar a qualidade de vida da população Douradense merecendo destaque o enfrentamento à violência doméstica, roubo, furto, ao tráfico de drogas, crimes esses que dilaceram o caráter e a saúde da população, que resultou em apreensões e prisões, bem como o enfrentamento sério e responsável aos criminosos violentos que possibilitou considerável redução de 12% nas ocorrências de roubos, 6,1% nas ocorrências de furto, e de 11% na diminuição de acidentes com vítimas no trânsito. 

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública mostram redução de 100% de feminicídio na cidade de Dourados no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Também podemos destacar o compromisso institucional em atuar de forma efetiva nos casos de violência doméstica, seja preventiva ou repressivamente contra os agressores, prevenindo desfechos trágicos às famílias e às mulheres. É um tipo de acontecimento em que a Polícia Militar prioriza o atendimento, nos casos de violências em andamento, ou em casos em que a vítima dispõe de medidas protetivas estabelecidas pelo Poder Judiciário, mas que o infrator insiste em desobedecer.

Neste primeiro semestre de 2023 houve um aumento de 32% de fiscalizações de medidas de protetivas de urgência em relação ao mesmo período de 2022. As medidas protetivas chegam via e-mail ao Promuse (Programa Mulher Segura da Polícia Militar), onde as vítimas são cadastradas no sistema policial, realizada uma leitura do boletim de ocorrência para verificar quais são os tipos penais. Com isso, as vítimas são classificadas em três grupos, verde amarelo e vermelho.

A prioridade de fiscalização é para as vítimas classificadas em casos vermelhos. A equipe técnica realiza um primeiro contato via telefone para confirmação do endereço, explicação do programa e para que ela informe se deseja participar ou se recusa o atendimento. Após, as equipes da radiopatrulha desta unidade são empenhadas para realizarem a fiscalização da medida protetiva, por meio de rondas nas proximidades da casa das vítimas, bem como contato direto, perguntando como ela está, se o autor compareceu à sua residência, se necessita de apoio ou orientações.

Um dos principais fatores para a diminuição da criminalidade e prevenção de delitos é a colaboração e a integração da sociedade com a Polícia Militar. A forma mais eficiente de participação comunitária é o acionamento do telefone emergencial 190 quando o cidadão presencia uma infração criminosa. A ligação é gratuita e o anonimato é garantido, caso seja de interesse do cidadão. A qualidade das informações repassadas, são de suma importância para o sucesso da atuação policial e prisão dos infratores.

O comandante do 3ºBPM, tenente-coronel QOPM Samuel Castilho Ferreira Aragão, destacou que os resultados alcançados foram fruto de um árduo trabalho desenvolvido pelos militares, que permanecem firmes no compromisso de aprimorar ainda mais a qualidade da prestação do serviço policial à população Douradense. Ressalta a importância da integração de todos os órgãos de segurança pública presentes neste município, tanto a nível federal, quanto estadual e municipal, tais como, a Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Detran.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!