Prefeitura lança ''Condomínio Umbaracá'' com infraestrutura para o programa Lote Urbanizado

O serviço de instalação da rede elétrica é realizado ao custo total de R$392.781,91, sendo estes, investimentos oriundos de recursos próprios da Prefeitura de Nova Andradina

Cogecom


Sendo uma das prioridades da gestão do prefeito Gilberto Garcia, a política habitacional implementada pela Prefeitura de Nova Andradina é realizada em parceria com os Governos Federal e Estadual, sendo o Programa Lote Urbanizado, uma das frentes fundamentais para o enfrentamento do déficit de moradias no município.

Para a consolidação do “Lote Urbanizado” no Município, a prefeitura adquiriu lotes privados e, através da Agehnova (Agência de Habitação de Nova Andradina) os transformou em áreas institucionais de interesse social, destinando-as para a habitação, a exemplo do projeto do Condomínio Umbaracá, que vem recebendo infraestrutura e se concretizando com o início da construção de moradias do programa. 

Neste mês de julho, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, a prefeitura iniciou a instalação de rede de energia elétrica para servir as construções das novas residências e o sistema de iluminação pública do Condomínio Umbaracá. O serviço de instalação da rede elétrica é empreitado pela empresa Stel – Sistemas Elétricos ao custo total de R$392.781,91, sendo estes, investimentos oriundos de recursos próprios da Prefeitura.

 

Como funciona o Lote Urbanizado?

O projeto Lote Urbanizado visa atender famílias com renda familiar de até R$ 4.685,00 e que não tenham sido beneficiados em nenhum Programa Habitacional Federal, Estadual e Municipal. O município participa com o terreno e a assistência técnica, já o Governo do Estado constrói a base da casa até a primeira fiada de tijolos e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia.

Para participar primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da AGEHAB, e após passar pelo processo de seleção os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos até o respaldo. O prazo para a conclusão da moradia é de até 24 meses.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!