Atletas de Nova Andradina conquistam 30 medalhas em Campeonato Brasileiro de Kung Fu

Evento aconteceu em Chapadão do Sul e Nova Andradina foi destaque entre atletas do país

Cogecom


Nos dias 8 e 9 de julho, a cidade de Chapadão do Sul – MS, foi palco do Campeonato Brasileiro de Kung Fu Kuoshu e do Open Chapadão de Kung Fu, eventos que reuniram talentosos atletas de todo o país em uma competição emocionante. Entre os competidores, Nova Andradina se destacou com 17 atletas representando a cidade, sendo 7 deles no Brasileiro e 10 na categoria Chapadão Open.

A participação dos atletas nova-andradinenses foi coroada de sucesso, conquistando um total de 30 medalhas, demonstrando o empenho e a dedicação de cada um dos competidores. Foram 22 medalhas de primeiro lugar, 7 de segundo e uma de terceiro, resultado que evidencia a excelência do treinamento e preparo dos atletas, sendo que a maior parte dos esportistas integram o projeto de artes marciais da Funael, ministrado pelo professor Roberto Valadares.

Dentre os medalhistas, destacam-se os campeões brasileiros: Ednaldo Muller, Rodrigo Henrique, Ariane Nunes, Pedro Oliveira, Natan Neto, Lorena Silva e Layla Ketelen, que trouxeram orgulho para a cidade com as conquistas notáveis.

 

Layla Ketelen, uma das representantes em ascensão de Nova Andradina, alcançou um feito extraordinário ao se consagrar Campeã Brasileira em três categorias distintas. Sua habilidade e dedicação foram reconhecidas com o Troféu de destaque como melhor Atleta Feminino. Layla, de apenas 10 anos, tem conquistado ininterruptamente o pódio de diversos campeonatos, sendo uma das classificadas no país para o Campeonato Mundial de Kung Fu, que acontecerá em agosto de 2023, na China, juntamente com as atletas Lorena Silva e Ana Carla, também nova-andradinenses.

A equipe de Kung Fu Kuoshu de Nova Andradina também recebeu o Troféu de segundo lugar na Classificação geral, que para Roberto Valadares, líder da equipe e sifu dos atletas, demonstra a coesão e a união do grupo, além do empenho dos treinadores e apoiadores envolvidos no projeto.

 

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação e Fundação Nova-Andradinense de Esporte e Lazer (Funael), desempenharam um papel fundamental nessa conquista, criando não somente o projeto gratuito de artes marciais, mas realizando todo o transporte de ida e volta para Chapadão do Sul. Segundo a secretária de educação do município, Giuliana Másculi, o apoio fornecido é essencial: “Com o incentivo do governo municipal, viabilizamos a participação dos atletas em competições importantes, proporcionando a eles a oportunidade de representar a cidade e alcançar resultados expressivos, além de fomentar o esporte em Nova Andradina”, disse a secretária.

Ednaldo Müller, atleta de artes marciais há mais de 15 anos e vencedor no campeonato nas modalidades de Tai Chi Chuan e Boxe Chinês, frisou a gratidão e apoio concedidos: “Não foi fácil, mas com esforço e dedicação, conquistei duas medalhas de primeiro lugar, além de mais uma de prata. Não somente no meu caso, todos nossos atletas foram destaque no evento, evidenciando a seriedade no trabalho desempenhado pelo professor Valadares e equipe da Funael”, explicou o campeão.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!