Confusão em festa de casamento termina com registro de ocorrência na Delegacia de Nova Andradina

De um lado está o vereador e médico da cidade de Dourados Diogo Castilho (PSDB) e do outro duas pessoas que não tiveram identidades reveladas
Da Redação / Imagens: Redes sociais
19/11/2023 18h18
O vereador Douglas Diogo Silveira Castilho (PSDB) / Imagens: Redes sociais

Inicialmente o vereador Douglas Diogo Silveira Castilho (PSDB), que também é médico na cidade de Dourados, registrou ocorrência policial afirmando ser vítima de injúria e lesões corporais por uma mulher, praticadas em razão de que ele tivesse molhado o telefone celular do namorado dela.

 

Os fatos aconteceram na noite de sábado (18), numa chácara enquanto participava de uma festa de casamento, em Nova Andradina.

 

Ainda, sustentou ter seu veículo danificado por ela e mais um terceiro envolvido, que também teria o agredido fisicamente.

 

Prosseguindo, a namorara do vereador também disse ter sido vítima de vias de fato e injúria.

 

Clique no vídeo para assistir

 

Em vídeo divulgado em sua rede sociais, o vereador contou sua versão dos fatos. Ele narrou que a mulher estava muito alterada e apontou aos presentes que havia sido agredida por ele. “Ela se exaltou, veio conversar brava. Disse que se tivesse estragado o celular eu ia pagar outro para ela, eu disse que não tinha problema e pedi desculpa. Ela não aceitou as desculpas, continuou alterada, pegou no meu braço e me ofendeu”, descreve.

 

O parlamentar ainda conta que a noite dele chegou a tentar acabar com discussão, mas os insultos continuaram. “Minha noite tentou acalmar a menina, mas ela estava gritando e me ofendendo. Quando percebi que o clima ficou mais pesado, disse chega, vamos embora, foi onde a moça simulou uma agressão, ou seja, disse que tinha sido agredida”, comentou Castilho.

Retrovisor do carro danificado e braço do vereador com lesão - Foto: Arquivo pessoal

Neste momento, ele disse que várias pessoas foram para cima dele e passaram a agredi-lo. “Ao sair com meu carro, o retrovisor foi quebrado, alvo de chutes e ainda depredaram”, relembra.

 

Após isso, ele foi para a Delegacia de Polícia, onde registrou a ocorrência e realizou o exame de corpo de delito.

 

Posteriormente, compareceram a unidade policial outras duas pessoas envolvidas nos fatos, e sustentaram, a primeira, ter sido vítima de lesões corporais praticadas pelo vereador e ambas, sido vítimas de injúria.

Fato registrado na Delegacia de Polícia - Foto: Jornal da Nova

“De todo modo, em sede de plantão policial foi registrada ocorrência e, por consequência, o feito será despachado pelo Delegado Titular da unidade, que realizada a apuração das circunstâncias dos fatos e posterior remessa ao Poder Judiciário”, disse o delegado de plantão Filipe Davanso.



Polícia Nova Andradina Cidades

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!

 

Comunicar erro




VEJA MAIS