Polícia elucida caso de latrocínio em Três Lagoas

A motivação do crime foi o furto do carro

Luis Gustavo, Da Redação


Agentes da SIG (Seção de Investigação Geral) e do NRI (Núcleo Regional de Inteligência) de Três Lagoas prenderam, na última quinta-feira (28), dois suspeitos de latrocínio.

Uederson Moreira do Nascimento, foi vítima de um latrocínio ocorrido na última quarta-feira (27). O corpo dele foi encontrado jogado sobre a faixa de rolamento da rodovia BR-262, com marcas de golpes de faca.

Leia também

| Corpo de homem perfurado com faca é encontrado na BR-262 em Três Lagoas

Um dos indivíduos, conhecido por "Nego", admitiu ter desferido os golpes de faca contra a vítima, com a ajuda de outro suspeito, de vulgo "Tatu", e a dupla ainda indicou o local onde abandonou o veículo da vítima, próximo à rodovia BR-262. A motivação do crime foi o furto do carro.

Já na tarde de terça-feira (2), um homem também foi preso, pela prática do crime de receptação qualificada, no exercício de atividade comercial. Conforme informações do "portal Rádio Caçula", ele foi encontrado em posse do celular da vítima.

Mesmo após a Polícia Civil prender os dois envolvidos no crime e recuperar o veículo subtraído, os agentes da SIG e do NRI continuaram as investigações, com a finalidade de recuperar também um aparelho de telefone celular, levado na mesma ocasião.

Durante as diligências, os policiais civis apuraram a informação de que o aparelho estaria em uma loja de assistência técnica e revenda de celulares usados. Em visita ao local, encontraram o objeto que foi devidamente apreendido e será restituído à viúva da vítima do latrocínio.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!


Comentários