Delegados pedem internação de dois menores em Nova Andradina

Assessoria


Delegados da Polícia Civil local estão requerendo junto à Promotoria da Infância e Juventude a representação para a internação de dois adolescentes que vem praticando vários roubos na cidade.

Os dois últimos roubos ocorreram no final de semana nas proximidades do Hotel Marreco e Bar do Lili, ambos recentemente fechados pela polícia civil, mas que depois de juntada de documentos como alvará sanitário e vistoria de bombeiros, conseguiram novamente alvará policial de funcionamento.

Segundo a representação, os dois adolescentes fazem pontos na saída da cidade como travestis e aproveitam para a prática dos roubos. Outro modo de agir dos adolescentes é quando pedem dinheiro às pessoas que passam pelo local e diante da negativa das pessoas molestadas, estes praticam os roubos.

 Na delegacia, ouvidos na presença de seus genitores, ambos alegam que somente subtraem o dinheiro das vítimas porque estes não pagam por seus programas sexuais.

Procedimentos policiais referentes aos fatos estão tramitando na delegacia e serão encaminhados ao Juizado da Infância e Juventude. A Lei permite que os adolescentes fiquem recolhidos na DP por até cinco dias, quando excedido esse prazo, deverão ser encaminhados a UNEI do estado.    

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!