Chinesa JAC Motors vai investir US$ 600 mi em fábrica no Brasil

Folha


A montadora chinesa JAC Motors anunciou nesta segunda-feira a construção de uma fábrica no país, com investimentos de US$ 600 milhões e capacidade de produção de 100 mil unidades por ano.

O evento conta com a presença do vice-presidente mundial da companhia, Dai Maofang. A empresa começou a atuar no país em 18 de março deste ano, trazida pelo empresário brasileiro Sérgio Habib, com a abertura de 46 concessionárias em 28 cidades brasileiras.

A fábrica deve ser concluída em 2014 e operar em dois turnos, gerando 3.500 empregos diretos.

Habib disse que ainda não definiu o Estado, mas será "possivelmente em um local onde já há uma montadora" operando devido aos fornecedores já instalados. Atualmente há montadoras operando em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Ceará, Paraná e Rio Grande do Sul, além de um projeto para instalação em Pernambuco. Em Manaus (AM) há um polo de produção de motocicletas.

O modelo que será fabricado no Brasil não está à venda no país agora, mas terá valor abaixo de RS 40 mil. "Será uma família de carros com a mesma plataforma", afirmou Habib.

"Vamos chegar muito rapidamente a 3% do mercado brasileiro", completou. A montadora já ocupa a 13ª colocação no ranking de automóveis, com 0,67% de participação nos licenciamentos no acumulado do primeiro semestre (8.565), segundo a Fenabrave (federação das concessionárias).

A composição societária vai se dividir entre a SHC, de Habib, e a JAC, com maior participação da empresa brasileira, mas o percentual exato não foi informado.

"Vamos estudar várias formas de financiamento. O BNDES com certeza é uma opção", disse Habib

ESTRATÉGIA

A estratégia da JAC ao chegar ao Brasil, em março, incluiu R$ 140 milhões de investimento em marketing, seis anos de garantia para os carros e o apresentador Fausto Silva como garoto-propaganda da marca. Os modelos J3 e J3 Turin tiveram 242 alterações para se adaptar ao consumidor brasileiro.

Outra chinesa, a Lifan, e a empresa brasileira Effa já assinaram um acordo para a construção de uma montadora no Brasil com capacidade para 10 mil unidades por ano. O investimento previsto é de US$ 100 milhões.

Antes disso, a planta da também chinesa Chery deve ser inaugurada em Jacareí, no interior de São Paulo, com investimentos de US$ 400 milhões. As obras começam neste ano e devem ser concluídas em 2013. A projeção é produzir 150 mil unidades anualmente. 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!