Zé Bugre apresenta indicações e projeto de lei

Assessoria


Uma das condições básicas para o exercício da cidadania é ter um endereço, regularizado, oficializado e denominado. Pensando nisso, o vereador Zé Bugre apresentou em sessão ordinária desta segunda-feira (02), um projeto de lei ordinária que dispõe sobre a denominação da rua “D” no loteamento Jardim Universitário. Pelo projeto, a rua passa a denominar-se “Antônio da Silva Sobrinho”, uma homenagem póstuma a um dos trabalhadores incentivados por Moura Andrade, a morar em Nova Andradina. Aqui, Antonio da Silva foi considerado desbravador, por abrir terras e iniciar cultivos de café, algodão, amendoim e arroz, além de investir na pecuária.

Segundo Zé Bugre, além de constituir família em Nova Andradina, ele foi responsável por trazer mais famílias para o município. “Uma homenagem justa a quem tanto contribuiu com Nova Andradina”, justifica o vereador.

 

É também de autoria de Zé Bugre três indicações parlamentares apresentadas esta semana. Nelas Zé Bugre pede a doação de 50 bancos e duas mesas para os assentados do MST –CEEPATEC (Centro de Formação, Capacitação, Cultura, Estudo e Pesquisa dos Trabalhadores e Tranalhadoras  Eldorados dos Carajás e Fetagri – Associação dos Agricultores Familiares da Linha da Amizade PA Teijin. O intuito é contribuir no desenvolvimento desse assentamento, uma vez que já foram liberadas as cartas de crédito financiados pelo Banco do Brasil às famílias.

Em outra indicação, Zé Bugre solicita à OI, a instalação de um orelhão público no Distrito de Nova Casa Verde, na avenida Mato Grosso esquina com a rua Rondônia, em frente à malharia municipal. Segundo o vereador, o pedido foi formalizado por moradores.

 

Já com foco na saúde, é de autoria de Zé Bugre a indicação parlamentar que trata da instalação de uma sala de espera com comodidade na Clínica da Mulher, para recepcionar os munícipes, gestantes e idosas que ali freqüentam. “Considerando que este é um pedido de gestantes e idosas que ali convivem, a proposta é dar maior comodidade aos munícipes atendidos no local”.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!