Dilma ressalta papel do mercado interno no enfrentamento da crise


A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (9) que o fortalecimento do mercado interno é uma ferramenta do país para o enfrentamento da crise financeira internacional. A declaração foi feita em cerimônia de anúncio de medidas para micro e pequenas empresas e para microempreendedores individuais. Dilma adiantou também que em breve o governo vai lançar uma política específica de microcrédito.

"Esse nosso mercado interno, esses milhões de empresários com pequenos negócio são cruciais para que tenhamos a força de um tecido social e de um país que conta com suas próprias forças”, disse. “Para os pequenos e os microempreendedores teremos que ter tanto o microcrédito produtivo orientado quanto o crédito para pequenos empreendedores urbanos”, completou.

Ao citar a crise financeira internacional, a presidenta reiterou que o governo está atento e tomando medidas necessárias para fortalecer a economia brasileira e preservar os empregos sem se afastar do modelo de desenvolvimento.

Dilma disse também que nossas empresas são competitivas, mas sofrem com assimetrias do mercado internacional. “Primeiro há um mar de liquidez com o qual os países centrais pretendem enfrentar o baixo nível de atividade de suas economias. Esse mar de liquidez transforma a competição internacional de forma perversa uma vez que afeta a taxa de câmbio. De outro lado, a redução da atividade econômica dos países desenvolvidos cria um mar de produtos procurando mercado.”

  

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!