• Paraíso17

Após ataque a policiais Senad apreende quase 7 toneladas de droga

Da Redação / Imagens: Senad/Divulgação
09/03/2018 09h20
Ação policial aconteceu nesta quinta-feira (8) / Imagens: Senad/Divulgação

O ataque contra policiais na região de fronteira entre Brasil e Paraguai, desencadeou a identificação e localização de plantações de droga. Nesta quinta feira (8), agentes da Senad (Secretaria Nacional Anti Drogas), do Paraguai, com apoio da Promotoria de Justiça, após um trabalho de inteligência identificou e localizou plantações de droga no departamento de Amambay e iniciaram a apreensão e a incineração dos acampamentos que foram encontrados na região da cidade de Bela Vista Norte na fronteira com Bela Vista no Estado do Mato Grosso do Sul.

 

Conforme o “Porã News”, na região os agentes da Senad apreenderam três prensadoras de droga, seis macacos hidráulicos, 280 bolsas de maconha picada que após pesados totalizou 6 mil e 160 quilos de maconha, além de 23 bolsas da droga prensada que totalizou 790 quilos, distribuídos em 1.182 tabletes que estavam prontos para a comercialização.

 

A ação foi iniciada contra o crime organizado após os ataques contra policias ocorridos na região de fronteira, onde um investigador da Polícia Civil de Ponta Porã, foi executado com mais de 30 disparos de fuzil AK 47 e fuzil 7.62, ficando ferida ainda uma funcionaria pública.

 

Em outro ataque um policial paraguaio ficou ferido durante o confronto com pistoleiros na cidade de Capitán Bado na fronteira com Coronel Sapucaia.



Comunicar erro




VEJA MAIS