• Paraíso17

MPE analisa denúncia de suposta irregularidades em licitação da prefeitura

Da Redação / Imagens: Jornal da Nova/Arquivo
21/04/2017 14h00
Caso está sendo apurado no MPE de Nova Andradina / Imagens: Jornal da Nova/Arquivo

O Ministério Público Estadual (MPE) já analisa os documentos referentes à denúncia de eventuais irregularidades na última licitação de combustíveis da Prefeitura de Nova Andradina. 

 

Leia também

>> ''Se for o caso, vamos fazer uma nova licitação'', diz Gilberto

>> Vereadores aprovam requerimentos e solicitam informações sobre licitação

>> Licitação de combustíveis em Nova Andradina acumula irregularidades, diz empresa

>> Denúncia será oficializada ao MPE, prefeito e vereadores de Nova Andradina

>> Vereadores de Nova Andradina questionam possíveis irregularidades em licitação

>> Prefeitura irá pagar combustível quase 30% mais caro para distribuidora de Dourados

>> MPE é acionado para investigar licitação sobre abastecimento de combustíveis

 

O pedido de investigação foi protocolado pelo advogado de uma das empresas afastadas do certame e elenca uma série de supostas fraudes.

 

A Prefeitura também já encaminhou sua defesa ao MPE. O processo também é acompanhado pela Câmara, que analisa se houve “privilégio” para a vencedora do certame. 

 

O resultado das investigações do MPE deve ser divulgado nas próximas semanas. Enquanto isso, a Prefeitura mantém paralisada a licitação, ou seja, o resultado não foi homologado e o abastecimento segue com base no processo aberto no ano passado. 

 

Caso o MPE entenda que houve favorecimento, a Prefeitura deverá cancelar o pregão e anunciar uma nova licitação. 





VEJA MAIS