Em Anaurilândia, Polícia Civil desvenda crime de furto, recupera produtos e prende três suspeitos

Ação dos meliantes aconteceu durante a madrugada em um trailer
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova
21/09/2021 20h29
Momento em que os suspeitos chegam na Delegacia de Polícia, (sem camisa Luan Henrique Maia Nascimento, de 23 anos, de camisa Cauan Nogueira de Araújo, de 18 anos) / Imagens: Jornal da Nova

Em menos de 24 horas, a Polícia Civil de Anaurilândia desvendou um crime de furto ocorrido durante a madrugada desta terça-feira (21), em um trailer de lanches. Fato aconteceu na avenida Mato Grosso, na região central da cidade.

 

Conforme apurou o Jornal da Nova, a vítima, de 42 anos, relatou na Delegacia de Polícia Civil que seu trailer havia sido furtado, onde meliantes quebraram o cadeado, adentraram ao interior, furtaram moedas, bebidas e diversos produtos alimentícios.

 

Diante das informações, os investigadores da Polícia Civil saíram em diligências em busca de recuperar os produtos, bem como identificar os autores. Em uma residência na rua Goiás, os policiais receberam informações de que os suspeitos estariam no local, mas ao chegarem no imóvel, os meliantes já tinham se evadido.

 

Como estava tudo aberto, portão, janelas e portas, os agentes adentram na casa e encontraram os produtos furtados, bem como apreenderam uma porção de maconha.

 

Em continuidade as diligências, os investigadores localizaram na Praça Central, Rony Saúde de Souza, de 24 anos, que já morou na Vila Beatriz, em Nova Andradina e que já foi preso em ação policial em 2017 em Anaurilândia, dentro da “Operação Adsumus”.

 Rony Saúde de Souza, de 24 anos - Foto: Arquivo/Jornal da Nova

Os outros dois suspeitos, Luan Henrique Maia Nascimento, de 23 anos,  já foi preso pela SIG (Seção de Investigações Gerais) da Delegacia de Nova Andradina, transportando pouco mais de um quilo de maconha numa bicicleta na MS-134, em abril deste ano e Cauan Nogueira de Araújo, que completou 18 anos no mês passado, foram detidos.

 

Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, onde foram reconhecidos pela vítima como sendo os autores do furto qualificado mediante a arrombamento.  

 

Os envolvidos no crime confessaram o delito e foram autuados em flagrante. Aguardam presos à disposição do Poder Judiciário. O responsável pela maconha também foi qualificado.

Suspeitos foram presos em menos de 24 horas após o crime - Foto: Jornal da Nova



Comunicar erro




VEJA MAIS