Padre suspeito de abusar de menores é preso

Após ser denunciado por aliciamento pelo Conselho Tutelar de Cabrobó, a diocese da cidade afastou o religioso da paróquia

Redação


O padre Evandro Bezerra dos Santos, 41 anos, foi preso na zona rural de Floresta, a 430 km de Recife, após ser apontado pelo Ministério Público como aliciador para exploração sexual de dois adolescentes de 14 anos em troca de dinheiro e cesta básica, entre 2009 e 2010.

Após ser denunciado por aliciamento pelo Conselho Tutelar de Cabrobó, a 531 km da capital, a diocese da cidade afastou o religioso da paróquia e o transferiu para Floresta. O padre ficou em uma fazenda pertencente à igreja na mesma cidade até ser detido na segunda-feira pelo delegado Moary Drumond Pimenta. "Não houve resistência à prisão, ele acompanhou os policiais", relatou Pimenta.

A lentidão na investigação e para a conclusão do inquérito, segundo o promotor Júlio César Cavalcanti Elihimas, que fez a denúncia, ocorreu devido a duas greves da polícia, com a transferência de um escrivão e o falecimento de outro.

O padre foi indiciado por submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 anos. Bezerra dos Santos foi levado para uma cela exclusiva na cadeia pública de Cabrobó, ontem, pois o religioso tem curso superior. Se condenado, poderá cumprir pena de reclusão, de quatro a dez anos.

O padre auxiliar Henrique Schuten, ligado à capela Senhora Sant'Ana, em Floresta, teve palavras de solidariedade. "Nunca se deve abandonar uma pessoa, mesmo que ela esteja presa."

O padre Evandro nasceu em Sanharó, a 200 km de Recife. Ele vem sendo investigado desde 2008 e foi reconhecido por várias vítimas.

Terra

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!