Guerrero não se sente com vaga garantida no Mundial e promete lutar no Timão

Redação


Paolo Guerrero carrega a esperança do técnico Tite para fazer o Corinthians funcionar novamente com um centroavante de referência. No entanto, apesar do gol marcado contra o Vasco, na tarde de sábado, o peruano ainda não se sente com vaga garantida na equipe alvinegra para o Mundial de Clubes.

“Aqui, você tem de lutar para ser titular, afinal, é o treinador quem define, mas estou trabalhando para isso”, comentou o jogador, que desfalcará o time na próxima rodada do Nacional, por conta do acúmulo de três cartões amarelos.

Desde que Liedson deixou o Timão, Tite pedia a chegada de um novo atleta com características de pivô. Assim, Guerrero foi contratado em julho, mas ainda não pôde emplacar uma longa sequência de partidas, pois é frequentemente convocado para a seleção peruana e também sofreu lesões.

Desta forma, o atleta disputou apenas 11 jogos pelo clube, com três gols assinalados, mas já se sente mais adaptado. “O entrosamento tem sido muito importante para mim, cada vez fico mais relaxado para jogar, porque conheço como os demais atuam”.

Depois de ter sido titular no confronto contra o Vasco, na tarde de sábado, o jogador espera ver a equipe mantendo a disposição exigida pelo treinador corintiano, para chegar embalado ao Mundial.

“É importante que o time não esteja acomodado. Conheço como o professor quer jogar e, por isso, é bom para o time fazer uma sequência de partidas”, completou.

Gazeta Esportiva
 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!