Governo começa a construção de ponte de concreto sobre o rio Anhanduí

Marcos Augusto


Após reunir-se na fazenda Modelo II, com proprietários rurais e autoridades da região conhecida como Pentágono, a deputada Dione Hashioka (PSDB) visitou as obras de construção da ponte de concreto sobre o rio Anhanduí na MS-134, estrada que liga Nova Andradina a Ribas do Rio Pardo. A ponte antiga, de 96 metros de cumprimento e de madeira, foi destruída pelas chuvas torrenciais, deixando ilhadas cerca de 50 propriedades rurais e 500 pessoas prejudicando o transporte de alunos, e produtos agropecuários.

André Puccinelli garantiu que os trabalhos vão acontecer em ritmo acelerado, e isso está acontecendo. “As Pontes deverão estar prontas ainda este ano para acabar de uma vez por todas com velhos problemas causados pelas antigas pontes de madeira que constantemente necessitavam de reparos”, disse Dione Hashioka ao comentar também que a nova ponte suportará um peso de 100 toneladas contra as 18 da ponte de madeira. 

Usuários daquela estrada, atravessou o rio à bordo de uma balsa usada desde a queda das pontes. Outra ponte que também está em ritmo acelerado de construção fica na MS-473 em Nova Andradina. “A ponte de madeira sobre o córrego do Baile, de Nova Andradina para Angélica, também necessitava de reparos constantes e por isso solicitamos a construção de uma de concreto ao Governador, como está acontecendo, e vai acelerar o desenvolvimento da região”, disse a Deputada ao afirmar que continua o trabalho em busca da construção de outra ponte localizada sobre o rio Ivinhema, na MS-141, onde deverá ser construída, no próximo ano, uma ponte de concreto. 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!