Polícia consegue retirar do ar página hackeada que denegria jovem

Redação


A Polícia Civil de Caarapó conseguiu retirar do ar um perfil hackeado de uma jovem no site de relacionamentos Orkut. 

Conforme o delegado Benjamin Lax, no dia 30 de junho, a jovem de 25 anos, registrou boletim de ocorrência dizendo que alguém teria invadido seu perfil, roubado a senha e estaria se passando por ela. A partir de então a jovem começou a ser vitima de calúnia e difamação, muitas vezes com conotação sexual e rótulos pejorativos. A vítima relatou ainda que tais ofensas estariam prejudicando sua vida pessoal e também profissional. 

Para evitar que a moça continuasse a ser difamada, a Polícia Civil encaminhou oficio a direção do Google em São Paulo – responsável pelo conteúdo no site – que atendeu ao pedido e retirou o perfil hackeado do ar. O autor, ou autora, do crime virtual ainda não foi descoberto, porém Benjamin Lax disse que a polícia seguirá com as investigações no intuito de identificar e punir o responsável.

“Ainda não conseguimos localizar o autor, mas pelo menos conseguimos evitar que a difamação continuasse, visto que esse tipo de crime na internet é muito difícil de solucionar”, explicou o delegado ao site, reiterando que o próximo passo será tentar identificar o responsável e puni-lo conforme a lei. (com informações Caarapó News) 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!