Educação em Nova Alvorada apresenta demanda excessiva de alunos‏

Da Assessoria


A Secretaria Estadual de Educação neste ano de 2014 encerrou na grande maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul as turmas de 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, o que causou grande transtorno já que essas cidades não esperavam ter que assumir a demanda dos alunos das Escolas Estaduais nos estabelecimentos de ensino municipais e não se encontravam preparadas para assimilar essa súbita mudança.

Em Nova Alvorada do Sul, por determinação do prefeito Juvenal Neto, a secretária municipal de Educação Masé José Piazzalunga Guerbas, viabilizou uma reunião na capital do estado entre todos os diretores das escolas estaduais do município e a secretária estadual de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa, para tratar do problema.

Representando suas escolas, participaram do encontro na última quinta-feira (16) professora Isabel Vilela (Escola Antônio Coelho) e o professor Azequias e professora Silmara (Escola Delfina Nogueira de Souza). Por solicitação dos representantes de NAS ,a secretária estadual autorizou a abertura de 2 salas de 1º ano na Escola Delfina e autorizou ainda que os diretores das escolas estaduais e a Secretaria Municipal de Educação pudessem realizar todas as adequações necessárias a fim de que nenhum aluno fique fora de sala de aula no ano que se inicia.

Quanto à Educação de Jovens e Adultos de Ensino Fundamental (EJA do 1º ao 9º anos) que também foi fechada pela SED na escola Delfina, a secretária Masé informou que, em março de 2013, deu entrada em um processo de Autorização de Funcionamento junto ao Conselho Estadual de Educação, pois sem essa autorização o município fica impedido de oferecer a EJA á sua população. A secretária Nilene imediatamente prontificou-se a tomar medidas junto ao Conselho para que essa autorização seja expedida o quanto antes.

A secretária Masé informou ainda que os uniformes escolares para atender toda a demanda dos estudantes do município já se encontram em fase de cotação e devem estar disponibilizados quando do início do ano letivo.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!