O Legado, exposição de protótipos baseados em estudos de Da Vinci, estará na Capital

Exposição terá entrada franca e poderá ser vista na Galeria dos Desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul

Da Assessoria


O Grupo Educacional UNIESP presenteia a cidade de Campo Grande com a exposição "O Legado”. Com entrada gratuita ao público, o evento acontecerá na Galeria dos Desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul entre 18 de março e 16 de abril, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e, aos sábados, das 14h às 18h. Os visitantes poderão conferir 21 protótipos do gênio da Renascença, todos construídos a partir de seus estudos e desenhos. Seis protótipos são inéditos e, diferentemente de outras mostras sobre o gênio, a maior parte das peças foi construída em tamanho natural.

“O Legado” apresenta as seguintes peças: Carro Metralhadora, Balestra, Escavadeira de Trincheira, Catapulta, Inclinômetro, Mecanismo de Bater Asas Parafuso e Porca, Estudo da Asa, Máquina Voadora, Bate Estaca, Bicicleta, Câmbio, Caminhar Sobre a Água, Grua, Barco Canhão Giratório, Barco com Pás, Serra Hidráulica, Carro Cortador, Anemômetro, Máquina para Medir a Velocidade do Vento, Ponte Giratória e Técnica de Assalto.

São considerados inéditos os protótipos Carro Cortador, Balestra, Ponte Giratória, Inclinômetro, Bate-estaca, Serra Hidráulica. As peças são acompanhadas de painéis com reproduções de obras do artista, a exemplo da "Última Ceia".

Segundo o Instituto Vinciano Italiano, responsável pela curadoria da exposição, os protótipos têm um nível de excelência que não se encontra na própria Itália.

Pesquisa da Universidade de Buffalo (Nova York, Estados Unidos) feita em 1999 revelou que Da Vinci é o homem mais conhecido de todo o milênio. Leonardo foi um gênio multidisciplinar, da pintura à botânica, da engenharia até a anatomia humana. Há cinco séculos, foi o primeiro cientista que estabeleceu a distância entre a Terra e a Lua.

A exposição "O Legado", de Leonardo Da Vinci, tem patrocínio do Grupo Educacional UNIESP, do Grupo Garnero e do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul. Realização do Fórum das Américas, Curadoria do Instituto Vinciano Italiano e apoio da Prefeitura de Campo Grande, da Secretaria de Estado da Educação, da Secretaria Municipal de Educação, da Assembleia Legislativa, da Sanesul e da Melke & Prado Advogados Associados.

Sobre Leonardo Da Vinci

Artista renascentista italiano, nasceu em 15 de abril de 1452. Existem dúvidas sobre a cidade de seu nascimento: para alguns historiadores, seu berço foi em Anchiano, enquanto para outros foi numa cidade situada à margem do Rio Arno, perto dos Montes Albanos, entre as cidades de Florença e Pisa.

Foi um dos mais importantes pintores do Renascimento Cultural e considerado, em 1999, o Maior Gênio da Humanidade, sendo absolutamente perfeito anatomista, engenheiro, arquiteto, matemático, filósofo, inventor, escultor.

Seus trabalhos e projetos científicos quase sempre ficaram escondidos em livros de anotações (muitos em códigos e grafia inversa).

Leonardo da Vinci fez estágio no estúdio de Verrochio, importante artista da época, na cidade de Florença, que ao ver a pintura de um anjo, feita por Da Vinci, nunca mais pintou qualquer obra.

Viveu uma época em Milão, onde trabalhou para a corte de Ludovico Sforza. Até 1506, realizou trabalhos, especialmente em Florença, e tudo indica que neste período tenha criado sua obra mais famosa: a bela e enigmática La Gioconda (Mona Lisa), a “sorridente”.

Trabalhou para o Rei Francisco I, da França, que foi seu incentivador, admirador e amigo. Faleceu em 1519.

Leonardo da Vinci foi obcecado pelo voo dos pássaros e perseguiu, por toda a vida, o sonho de fazer o homem voar. Desenvolveu grandes estudos, criando protótipos do helicóptero, asa delta etc.

Uma de suas obras marcantes, "O Homem Vitruviano", foi criado dentro deste pensamento: "O homem perfeito deve voar".

A Uniesp
Em 15 anos de existência, o Grupo Educacional UNIESP tem mudado a vida de milhares de jovens de baixa renda que ousaram sonhar com o Ensino Superior. Hoje, este sonho já é realidade para mais de 140 mil alunos de 120 faculdades e 2 centros universitários em 9 estados brasileiros.

No estado de Mato Grosso do Sul está presente nas cidades de Amambai, Naviraí, Fátima do Sul, Nova Andradina e Ponta Porã.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!