Câmara aprova projeto de Vander que obriga salva-vidas em balneários

Da Assessoria


Foi aprovada nesta quarta (19) pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei (PL) 6148/2005, de autoria do deputado federal Vander Loubet (PT-MS), que torna obrigatória a presença de profissionais salva-vidas em todos os estabelecimentos que explorem balneários ou outros locais aquáticos abertos ao uso público. Caso não haja requerimento para a apreciação pelo Plenário, o projeto vai seguir para análise do Senado.

O parecer do relator na CCJC, deputado federal Alceu Moreira (PMDB-RS), foi pela constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa do projeto e das emendas feitas na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF).

"Infelizmente é comum casos de afogamentos, tanto nos litorais quanto e piscinas e balneários. E muitas vezes isso ocorre por falta da presença de um profissional salva-vidas. A intenção desse projeto de lei é garantir mais segurança para os frequentadores desses espaços", afirmou Vander.

De acordo com o texto do deputado sul-mato-grossense, os espaços privados deverão contratar profissionais na proporção de um para cada grupo de 200 frequentadores. Já os serviços nos espaços de uso público de propriedade da União e dos estados serão de responsabilidade do Corpo de Bombeiros Militares. Nos serviços das prefeituras, a segurança será feita por brigadas municipais de salva-vidas.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!