TRE absolve vereadores e suplentes de cassação em Angélica

Da Redação


O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul absolveu na tarde desta segunda-feira (24) os 8 vereadores e os suplentes que tiveram seus mandatos cassados pela comarca de Ivinhema que estavam sendo investigados por compra de votos com o fornecimento de combustível aos eleitores nas eleição de 2012.

>>Leia também

Oito vereadores podem ser cassados em Angélica

Conforme o “Ivinoticias”, estavam sendo julgados pelo TRE/MS as seguintes pessoas Ana Aparecida Barbosa (Vereadora), Adão Correia Gonçalves, Almir Fagundes (Vereador), Aparecido Antonio da Silva, Aparecido Geraldo Rodrigues (Vereador), Emerson Cassuci Ferreira (Vereador), Francisco Manoel Veloso, Ivo Ferreira dos Santos (Vereador), José Bonin, José Juca de Lima, Luciano Silva Soares (Vereador), Lurdes Caldeira de Carvalho, Marildo Dezotti (Vereador), Moacir Benevides, Natalia Nascimento Milhorança, Neli Facincani, Nilma Lombardi Papareli, Rubens Bogaz Hernandes e Venicius Ramão Martins Domingues (Vereador) das coligações "Angélica Crescendo com Você II" e "Coragem Para Mudar".

Os vereadores e os suplentes foram absolvidos por unanimidade no total de 7 votos, no TRE em Campo Grande, os envolvidos agora irão entrar na Justiça para poder terem os direitos de direito de serem candidatos, já que estão inelegíveis por causa das prestações de contas reprovadas, caso contrário não poderão disputar nenhuma eleição nos próximos anos.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!