Em Ivinhema, PM mata empresário e depois comete suicídio

Policial militar chegou a atirar contra companheiros de farda
Da Redação / Imagens: Ivinoticias
01/12/2018 22h48
Policial militar foi encontrado morto / Imagens: Ivinoticias

Um policial militar atirou contra um açougueiro e se matou, logo em seguida, na noite deste sábado (1), em Ivinhema.

 

Conforme o “Ivinoticias”, o empresário Flávio Fernandes de 38 anos, foi alvejado com aproximadamente seis tiros, que atingiram oolho direito, nuca, ombro, abdômen, virilha e na região lombar. O policial militar identificado como Ezequiel Ferreira, efetuou os disparos após uma discussão com Flávio na Casa de Carne Costelão & Cia, no bairro Guiray.

 

Informações preliminares apontam que a Polícia Militar de Ivinhema foi acionada para atender uma briga no local, mas ao chegar, Ezequiel sacou a arma e efetuou vários disparos contra Flávio e nos próprios companheiros de farda. Enquanto Flávio era atendido pela polícia e também pela guarnição do Corpo de Bombeiros, Ezequiel fugiu tomando rumo ignorado.

 

Após a chegada de Flávio ao Hospital municipal, a guarnição do Corpo de Bombeiros recebeu informações de que Ezequiel teria cometido suícido em uma rua próxima a Escola Sidney Carlos Costa.

Empresário sendo socorrido pela equipe do Corpo de Bombeiros

No qual, Ezequiel foi encontrado caído no chão ao lado do seu carro, a polícia isolou o local e não deu detalhes sobre o caso, Ezequiel era morador de Ivinhema, mas estava lotado na cidade de Novo Horizonte do Sul.

 

A Polícia Civil, bem como perícia criminal estiveram nos locais do crime.

Policial militar Ezequiel Ferreira - Foto: Reprodução/Facebook



Comunicar erro




VEJA MAIS