SIG prende homem acusado de tráfico de drogas em Nova Andradina

Bruno Campos da Cruz foi flagrado com 100 quilos de maconha
Da Redação / Imagens: Jornal da Nova
12/06/2020 16h00
Polícia Civil prendeu suspeito nesta sexta-feira / Imagens: Jornal da Nova

A Polícia Civil por meio da equipe da SIG (Seção de Investigações Gerais) da Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina prendeu, Bruno Campos da Cruz, de 31 anos, acusado de tráfico de drogas no final da manhã desta sexta-feira (12). Ação aconteceu na Vila Beatriz.

 

Conforme boletim de ocorrência, os investigadores da SIG receberam uma denúncia anônima versando que em uma quitinete de cor verde, localizada entre as ruas Waldemar do Carmo Martins e Johann Gill, um rapaz conhecido como “Bruninho” estaria armazenando grande quantidade de drogas, já preparadas para o envio ao Estado de São Paulo a qualquer momento.  

 

Diante das informações, os agentes tinham certeza de que o traficante se tratava de Bruno Campos da Cruz, o qual já havia sido mencionado por outros criminosos [informalmente] e denúncias anteriores como sendo uma das pessoas da cidade que estaria movimentando grandes quantidades de drogas. Ainda estaria ostentando vida financeira divergente da sua aparente situação.

 

Ainda conforme a ocorrência, o suspeito vinha sendo investigado há algum tempo pela equipe da Seção de Investigações Gerais.

 

Após coletar as informações, os investigadores da SIG foram para o local mencionado e passou a monitorar. Por volta das 12h15, o suspeito chegou de motocicleta e adentrou no imóvel, deixando o portão de entrada, porta da sala e janelas abertas.

 Entorpecente pesou 101,9 quilos - Foto: Polícia Civil/Divulgação

12h40, os policiais foram até ao portão, quando sentiram um forte odor de maconha exalando entorno da casa, motivo que Bruno possa ter deixado o imóvel todo aberto.

 

O suspeito foi abordado e não esboçou nenhuma resistência. De imediato, devido ao forte odor de maconha, foi localizado no chão do quarto grande quantidade da droga, que após contadas totalizaram 156 peças com peso total de 101,9 quilos, além de uma faca utilizada para cortar o entorpecente, um rolo de papel filme e uma balança de precisão.

 

Bruno recebeu voz de prisão sendo conduzido até a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas. Pode também responder por tráfico de drogas, qualificado se caracterizado o tráfico entre estados da federação ou entre estes e o distrito federal.



Comunicar erro




VEJA MAIS